Publicidade
Manaus
SAÚDE

Dia Nacional de Combate ao Fumo é marcado por série de ações em Manaus

O objetivo das ações, de acordo com a coordenadora estadual de Atenção Oncológica, Marília Muniz, é divulgar cada vez mais os malefícios do tabagismo 29/08/2017 às 11:08
Show asfassf
(Foto: Divulgação/Assessoria)
Silane Souza Manaus (AM)

Uma série de atividades recreativas e educativas foram realizadas na manhã desta terça-feira (29), em uma escola municipal na Zona Oeste de Manaus, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado na data de hoje. A ação foi promovida pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

O objetivo, de acordo com a coordenadora estadual de Atenção Oncológica, Marília Muniz, é divulgar cada vez mais os malefícios do tabagismo. "A gente entende que só vai conseguir diminuir a incidência e a mortalidade por câncer e por outras doenças se educar a população para os fatores de riscos dessas doenças e o tabagismo é o principal vilão, está relacionado com todas as formas de câncer, principalmente os cânceres de boca, garganta, laringe, pulmão, bexiga, colo uterino e mama". 

Ela ressalta que muitas pessoas acham que o tabagismo não tem relação com certas doenças, como o câncer de colo uterino, mas mais de 90% dos casos de câncer de colo uterino são em mulheres fumantes. "Veja bem a importância de a gente está divulgando os malefícios, afinal são mais de 4 mil substâncias tóxicas que não só o fumante, mas as pessoas que estão do lado dele, aspiram e muitas se tornam dependentes por causa dos efeitos da nicotina". 

Segundo a última pesquisa Vigitel (por inquérito telefônico), encomendada em 2016, pelo Ministério da Saúde, Manaus figura em 23° colocada, entre as 26 capitais mais o Distrito Federal, em percentual de fumantes adultos, com 5,6% da população com mais de 18 anos consumindo tabaco. O número ainda preocupa especialistas.

O diretor-presidente da FCecon, Marco Antônio Ricci, afirmou que a criação da data teve como principal objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. “Além das doenças cardiovasculares, o cigarro também está associado diretamente a diversos tipos de câncer. Depois do envelhecimento, ele é o principal fator de risco isolado para as neoplasias malignas. Então, precisamos investir em ações como essa, que levem informação de qualidade à população”, destacou.

A abordagem em relação ao tabagismo aconteceu na Escola Municipal Elvira Borges, na rua Vinte e Três de Dezembro, Compensa, Zona Oeste. Ao menos 170 pessoas, entre alunos e professores, participaram da ação, coordenada pelo Departamento de Prevenção e Controle do Câncer (Dpcc-FCecon).

Publicidade
Publicidade