Publicidade
Manaus
INVESTIGAÇÃO

Diretor é notificado pelo Conselho Tutelar após venda de catuaba para alunos em festa

O gestor da Escola Estadual GM 3 Josué Cláudio de Souza, na Zona Leste de Manaus, e mais quatro alunos serão ouvidos pelo Conselho Tutelar após o incidente da última sexta-feira (3) 06/08/2018 às 20:57
Show alunos bebados
Foto: Divulgação
Vitor Gavirati Manaus (AM)

O diretor da Escola Estadual GM 3 Josué Cláudio de Souza, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, foi notificado nesta segunda-feira (6) pelo Conselho Tutelar para prestar esclarecimentos sobre a venda de bebidas alcoólicas para alunos menores de 18 anos em uma festa do colégio na última sexta-feira (3). Os estudantes passaram mal após o consumir as bebidas e alguns foram levados ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da área.

Além do gestor da escola, que foi afastado da função, mais quatro alunos também serão ouvidos pelo Conselho Tutelar da Zona Leste 1, responsável pela região onde aconteceu o incidente.
“Nessa notificação nós chamamos o representante da escola, os meninos e os pais deles para serem ouvidos amanhã (terça-feira, dia 7) no Conselho Tutelar e fazer parte do nosso relatório que é entregue à Justiça”, contou a conselheira tutelar Iolene Oliveira, explicando que o gestor foi convocado por estar presente no evento em que houve a venda.

Segundo Iolene, a pessoa identificada como responsável pela venda de bebidas alcoólicas aos menores de idade, em caso de condenação, pode pagar multa ou até mesmo ser preso. De acordo com as denúncias recebidas pelo Portal A Crítica, o bar improvisado dentro da escola no bairro Coroado vendeu catuaba aos próprios alunos.

O Conselho Tutelar da Zona Leste 1 deve encaminhar o caso para o Ministério Público após a conclusão do relatório.

Além de afastar o diretor da escola preventivamente, a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) informou que instaurou procedimento administrativo para apurar a ocorrência de alunos embriagados nas dependências da Escola Estadual GM 3 Josué Cláudio de Souza.

Publicidade
Publicidade