Publicidade
Manaus
Manaus

Disputa por mulher entre amante e namorado oficial motivou crime

Homem ficava com garota comprometida, namorado oficial descobriu tudo e caso acabou em “garrafada” e homicídio no Bairro da Paz, Zona Centro-Oeste de Manaus 10/08/2015 às 12:14
Show 1
Leonan da Silva Farias, vulgo "Léo", 18", foi apresentado na manhã desta segunda-feira
Fábio Oliveira Manaus

Leonan da Silva Farias, vulgo “Léo”, 18, foi apresentado na manhã desta segunda-feira (10) pela Polícia Civil como suspeito de ter assassinado Roberto Campos Silva, o “Bola”, 19. O motivo do crime seria o relacionamento amoroso com uma mulher comprometida.

A vítima foi assassinada com um tiro no peito no dia 2 de maio deste ano, nos fundos de sua residência, na rua 4, Bairro da Paz, na Zona Centro-Oeste de Manaus. “Bola”, mesmo ferido, ainda pulou o muro de sua casa, mas morreu em um depósito de veículos de um órgão municipal.

Em depoimento à polícia, “Léo” alegou vingança como sendo o motivo para o crime, pois a vítima já havia tentado contra sua vida com um gargalo de garrafa.  A prisão dele foi efetuada por policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

“Léo” informou à imprensa que estava ficando com a namorada de “Bola” e que ele teria descoberto e, por isso, o ameaçou de morte. Dias antes do crime, “Bola” golpeou “Léo” com quatro golpes de garrafa e, depois, “Léo” conseguiu matar “Bola”. O suspeito será levado para a cadeia.

Publicidade
Publicidade