Publicidade
Manaus
caso está na deaai

Dois adolescentes são flagrados com maconha no Colégio da Polícia Militar

Os estudantes foram levados para prestar esclarecimentos na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) e deverão responder por ato ato infracional equivalente ao porte de drogas 17/05/2016 às 12:43 - Atualizado em 18/05/2016 às 10:26
Show  ndicefdfdf
Mochilas foram revistadas com o auxílio de cão farejador. Fotos: Divulgação
Rafael Seixas Manaus (AM)

Dois alunos do ensino médio da Escola Estadual Cândido José Mariano, da Polícia Militar do Amazonas, foram apreendidos portando maconha em suas mochilas, na manhã desta terça-feira (17), na unidade 5, situada no espaço físico da universidade Nilton Lins, no bairro Parque das Laranjeiras, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

Os estudantes foram levados para prestar esclarecimentos na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), localizada na avenida Desembargador João Machado, no bairro Alvorada 1, na Zona Centro-Oeste da capital. 

De acordo com a delegada Rita de Cássia, titular da Deaai, os adolescentes vão responder por ato infracional equivalente ao porte de drogas para consumo. 

Posicionamento

Em nota, a Polícia Militar do Amazonas informou que a direção da escola recebeu a denúncia de pais de alunos, informando a suspeita de tráfico de drogas dentro da instituição. Para apurar a ocorrência, na manhã de ontem (17), ​a​ comandante do Colégio Militar da Polícia Militar, Major PM Jadina, acionou a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) para fazer as buscas nas mochilas, onde foi encontrado o material entorpecente.

De imediato a direção da unidade acionou os pais dos alunos envolvidos. A droga encontrada e os adolescentes foram encaminhados à Deaai para os procedimentos da autoridade judiciária.

A Polícia Militar do Amazonas esclarece que cumpriu todos os quesitos legais para apurar a denúncia e não houve qualquer tipo de abuso de autoridade e constrangimento aos alunos.​

No detalhe da imagem abaixo, a droga apreendida.

Publicidade
Publicidade