Publicidade
Manaus
Manaus

Dois mil servidores de órgãos públicos trabalharão em conjunto durante a virada de ano

Estima-se que até 150 mil pessoas devem curtir o Réveillon em cada um dos espaços destinados às festas pela Prefeitura. Ao todo, 13 linhas de ônibus devem estar em funcionamento no dia 31, mesmo dia em que a praia da Ponta Negra será interditada 29/12/2014 às 12:15
Show 1
Segundo o gerente de operações da Secretária-Adjunta de Grandes Eventos a operação com 20 órgãos atuando em conjunto deve facilitar o trabalho de segurança
Girlene Medeiros Manaus (AM)

A operação de segurança para o Réveillon de Manaus contará com cerca de dois mil servidores do Poder Público. A estimativa é que entre 130 e 150 mil pessoas passem a virada do ano em cada um dos espaços públicos destinados para a festa: Complexo Turístico da Ponta Negra, na Zona Oeste; Orla do Amarelinho, no bairro Educandos, Zona Sul; e avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. 

Segundo o gerente de operações da Secretária-Adjunta de Grandes Eventos (Seasge), tenente-coronel José Cláudio, a operação com 20 órgãos atuando em conjunto deve facilitar o trabalho de segurança. "Durante a tarde, vamos colocar gradis e teremos fiscalização para evitar que alguém portando algo que sirva como arma branca adentre na Ponta Negra, por exemplo", afirmou. 

O banho na praia será suspenso a partir da tarde. A avenida coronel Teixeira, na Zona Oeste, será interditada para passagem de veículos. Ao todo, 13 linhas de ônibus devem estar em funcionamento no dia 31. 45 fiscais da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab) acompanharão o trabalho dos permissionários autorizados a atuar nos três locais da festa.

Publicidade
Publicidade