Publicidade
Manaus
Manaus

Dois veículos colidem em cheio e duas pessoas ficam feridas na avenida Rodrigo Otávio, Zona Leste

De acordo com a 11ª Cicom, um Celta transitava na avenida no sentido Bola do Coroado, quando foi fechado por um caminhão-baú pertencente à Bemol e se jogou na outra pista, atingindo um Agile 11/09/2014 às 17:26
Show 1
Acidente entre um Agile, um celta e um caminhão, em frente ao Inpa
Lucas Jardim Manaus (AM)

Um acidente envolvendo dois veículos e um caminhão deixou dois feridos e causou transtornos para quem transitava na avenida General Rodrigo Otávio, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, na tarde desta quinta-feira (11).

De acordo com policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta das 15h30, um Celta de cor prata e placas JXV-8692, transitava na avenida no sentido Bola do Coroado, quando foi fechado por um caminhão-baú pertencente à Bemol de placas JXB-2476.

Conforme informou o soldado Edianeson, lotado na 11ª Cicom, para escapar do caminhão, o motorista do Celta, Alen Artur Lima Bastos, 35, jogou o veículo contra o meio-fio que divide os sentidos da via, invadiu o sentido contrário e atingiu um Agile de cor prata e placas NOT-5023. O impacto foi tal que ambos os veículos foram parar próximos à parada de ônibus.

Tanto Alen quanto o motorista do Agile, Walter Luiz de Lima Neves, 34, ficaram feridos no acidente e foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Coroado, localizado no bairro de mesmo nome.

Os policiais informaram que eles não aparentavam estar muito feridos, mas que isso seria devidamente avaliado pela equipe médica do SPA e que, como é procedimento padrão, eles seriam encaminhados ao Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado caso necessário.


Vanilson Souza, 34, que dirigia o caminhão, se defendeu dizendo que, na verdade, foi fechado pelo Celta. “Ele veio pela minha direita e, quando eu vi, ele já estava encostando na parte dianteira do caminhão. Acho que ele queria entrar no túnel. Eu só fiz frear e deixar ele atravessar a via pela minha frente, mas ele chegou a me bater. Daí dizem que eu o fechei. Ora, se eu o fechei, eu estaria com a esquerda do meu caminhão batida, e não a direita, mas não vou ficar batendo boca, vou esperar a perícia”, concluiu o motorista.

Publicidade
Publicidade