Publicidade
Manaus
HABILIDADES

Aposte na certificação de proficiência em idiomas para potencializar o currículo

Conheça a importância do certificado de proficiência em inglês e espanhol e saiba como aplicá-lo em Manaus 04/03/2018 às 05:29 - Atualizado em 04/03/2018 às 07:43
Show 111111111111111111111
Na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) é aplicado o teste de proficiência (Foto: Reprodução Internet)
Rebeca Mota Manaus

Certificações de proficiência em inglês ou espanhol são exigências em uma série de processos, desde o seleções universitárias  até vagas de emprego. Em alguns desses casos, não basta saber: é preciso provar que sabe. Isso porque os certificados emitidos por instituições isentas e internacionais legitimam as habilidades dos candidatos de se comunicar em graus específicos em outras línguas que não a sua nativa.  

Para que serve?

São diversas opções de certificado, cada uma com um objetivo e benefícios diferentes. Para estudantes universitários, os mais exigidos são o TOEFL  e o IELTS.

“Essas certificações servem para quem quer migrar para outro país, está em busca de um trabalho ou quer concorrer a uma bolsa de estudo como mestrado, doutorado ou pós”, conta o professor e coordenador da Cultura Inglesa, David Negreiros.

A Cultura Inglesa aplica os testes do Cambridge como o: FCE (First) por R$ 740, CAE (Advanced) R$ 785 e o CPE (Proficiency) R$ 815. Esses exames acontecem em julho e em dezembro. As inscrições estão sempre abertas em qualquer unidade Cultura Inglesa.

Além disso, tem o IELTS, no valor de R$ 840 como inscrições pelo site: ielts.britishcouncil.org/cima com provas sempre no primeiro semestre. 

“Hoje em dia vivemos num mundo globalizado e é mandatório o inglês no Brasil e no mundo todo. Aqui nós temos o curso preparatório de grupo no valor de R$ 693 por 18 horas. As  provas não são difíceis, depende do tempo do inglês do candidato e como ele está familiarizado com a prova”, explica Negreiros. 

Indicações específicas

Para quem pretende usar o certificado para estudo ou atuação profissional, o FCE é o recomendado. O CAE é ideal para interessados em assumir cargos mais elevados fora do Brasil. Considerado o certificado mais avançado, o CPE comprova se o candidato tem aptidão suficiente para dar aulas de inglês. O IELTS também avalia a proficiência para programas de estudo no exterior. 

Via internet

Aplicada pela ETS (organização dos Estados Unidos sem fins lucrativos), a certificação denominada TOEFL tem validade de dois anos e testa o candidato em etapas separadas. Também expedido pela ETS, o TOEIC avalia a facilidade que a pessoa tem em se comunicar diante de situações cotidianas. Ambos os certificados podem, inclusive, ser adquiridos via internet.

Em Manaus, o Icbeu oferece o curso preparatório do TOEFL para familiarizar o candidato ao formato do teste para que ele possa treinar no valor de R$ 500 por 42 horas.

E o CCAA auxilia o aluno com o TOEFL ITP (mais utilizado para mestrado e doutorado), no valor de R$ 440. Na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) é aplicado o teste de proficiência em inglês, espanhol e francês. As inscrições são feitas pelo site da Comvest. Podem participar alunos ou candidatos dos programas de pós-graduação. Além disso é oferecido o curso preparatório do TOEFL.

Publicidade
Publicidade