Publicidade
Manaus
CASA PRÓPRIA

Saiba como valorizar seu imóvel à venda

Especialistas dão dicas de como tornar o “produto” valorizado e atraente para os compradores. 12/03/2017 às 05:00
Show 1 principal   vende se
Torne a casa valorizada e atrativa ao cliente. (Foto: Divulgação)
Rebeca Mota Manaus (AM)

Imagine-se no lugar de uma pessoa interessada em comprar uma casa. Você visita o imóvel, mas, quando chega lá, encontra paredes manchadas, pisos rangendo e um cheiro desagradável de mofo. Você pagaria o valor que o vendedor pediu? O dinheiro+ ouviu especialistas em compra e venda de imóveis sobre como tornar o seu “produto” valorizado e atraente para os compradores.

Segundo o engenheiro civil Frederico Correia Lima, presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape Nacional), para muitos, a localização é o ponto mais importante na hora de vender um imóvel, mas acabamento, por exemplo, é mais importante para quem vai alugar.

“Eliminar problemas nas instalações elétricas e hidráulicas e na estrutura do imóvel é o primeiro passo para valorizá-lo e torná-lo mais atraente para possíveis compradores ou locatários”, aconselha.

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-AM), Paulo Mota, conta o que torna um imóvel um conservado não é acrescentar itens, como uma pedra de granito, mas sim a conservação do espaço e ainda a documentação.

“Um imóvel bem cuidado e apresentado conta  bastante para a valorização do imóvel e ainda ter todas as documentações em dias, nessa hora, é necessário o corretor orientar o dono do imóvel”, ressalta.

1. Faça uma vistoria geral para checar se existe a necessidade de realizar alguma reforma.

2. Verifique também os caixilhos e, tratando-se de casas, é importante examinar o telhado.

3. Se for possível, renove a pintura e realize ajustes no piso. “Em geral, as pessoas costumam dar bastante importância a estética. Por isso, paredes com pintura nova e um piso bonito fazem diferença”, diz Frederico.

4. Dê preferência aos pisos frios, caso faça alguma alteração nos pisos do imóvel. Esse tipo de material costuma ser mais fácil de limpar e também mais resistentes. “Pisos de madeira e laminados costumam estragar mais facilmente”, pontua o especialista.

5. Evite deixar instalações elétricas com fios soltos e aparentes.

6. Manter o local o mais neutro possível. Ao pintar o imóvel, por exemplo, prefira tons neutros, que não irão interferir no gosto pessoal dos futuros moradores. O excesso de customização pode se tornar um aspecto negativo nas negociações.

7. Conserve o imóvel limpo. A falta de limpeza pode causar uma má impressão para futuros compradores.

8. Preserve os móveis planejados ou embutidos. Isso ajudará principalmente quando intenção é alugar o imóvel.

9. Mostre um bom aproveitamento da área útil. Se o imóvel estiver mobiliado, fique atento se não há um excesso de móveis. A estrutura dos cômodos, especialmente do banheiro e da cozinha, e o bom uso dos ambientes são requisitos importantes para compradores e locatários.

10. Saiba que a facilidade de vias de acesso, transporte e coletivo e uma boa infraestrutura do bairro também impactam o valor final do imóvel.

Publicidade
Publicidade