Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
VAKINHA SOLIDÁRIA

Donos criam vaquinha para custear cirurgia de gato atropelado em Manaus

Cicinho, como é chamado o gato da família, conseguiu sobreviver após ter sido atropelado, mas precisa passar por quatro intervenções cirúrgicas; saiba como ajudar



9c7e1e1f-a3c9-47c8-9758-e31dd83fa6e8_0FB7084E-B86D-4B5C-9B84-D4718C7480D5.jpg Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
27/06/2020 às 17:09

Uma família que cuida de seis gatos resgatados das ruas de Manaus abriu uma ‘vakinha’ online para arrecadar fundos para o tratamento de um dos gatos da família. Cicinho, de um ano de idade, foi atingido por um automóvel não identificado e, apesar de ter conseguido sair com vida, ficou com quatro lesões no corpo, sendo duas na cabeça e outras duas na região da bacia.

Para contribuir com a vakinha, clique aqui.



“Ele sempre foi o mais brincalhão da casa, e até por isso mesmo, dificilmente fica quieto. Em uma escapada, ele, que não é acostumado com a rua, acabou sendo atingido por um carro. Percebemos a falta dele e, ao procurar, o encontramos já no canto da rua, com bastante dor. Foi quando o levamos às pressas ao veterinário”, contou a dona do felino, Betyna Freitas.

Betyna conta que Cicinho é um dos seis gatos resgatados das ruas de Manaus que ela e a família cuidam. Segundo ela, ele foi resgatado durante uma chuva no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus. “Algumas pessoas passavam e viam o gatinho filhote assustado e acabavam jogando pedras nele, decidi resgatar e, a princípio pensei em doar, mas acabei me apegando e cuidando dele de vez”, explicou.

Uma das maiores dificuldades nesse tipo de procedimento é o alto custo do tratamento. Conforme Betyna, os custos das quatro intervenções cirúrgicas, junto com a anestesia e a aplicação de remédio para recuperação, passam dos R$ 3,5 mil. Para ajudar com esse pagamento, ela decidiu iniciar uma vakinha online em um site de arrecadação coletiva para ajudar nos custos.

“Estabelecemos uma meta de R$ 2,5 mil para a vakinha. Esse valor, ou qualquer outra quantia que pudermos arrecadar com doações, será todo aplicado no tratamento do Cicinho, com o tratamento, gastos com transporte e na recuperação dele. A outra parte será custeada por nós. Sabemos da dificuldade financeira que todos passam, mas qualquer ajuda seria bem recebida”, comentou.

Para mais informações e para saber formas alternativas de como ajudar o pequeno felino, o contato (92) 991653628 ou (92) 984413080. Os dois números são WhatsApp.

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.