Publicidade
Manaus
Manaus

Duas pessoas ficam feridas após dupla em motocicleta abrir fogo contra homens em calçada

Um homem de 32 anos, que conversava com um amigo na via onde o crime ocorreu, e um adolescente de 14 anos, que estava passando pelo local na hora dos disparos, foram encaminhados ao hospital, onde passaram por cirurgias 25/10/2015 às 16:34
Show 1
Local onde aconteceu os tiros
Édria Caroline Manaus (AM)

Duas pessoas ficaram feridas durante uma tentativa de homicídio na rua 3 do bairro Alfredo Nascimento, na Zona Norte de Manaus. Sérgio Matheus de Oliveira, de 32 anos, e um menor de 14 anos foram baleados por disparos de arma de fogo por volta das 21h30 do último sábado (24). De acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta chegaram na rua em uma motocicleta e, ao avistarem Sérgio e um amigo dele, identificado apenas como "Alexandre", começaram a atirar.

Vizinhos contaram que chegaram a ouvir cerca de seis disparos. "O adolescente não tinha nada a ver, estava na frente da casa de uma vizinha nossa quando começou (o tiroteio). O tiro pegou na perna esquerda", disse. Ainda de acordo com relatos de testemunhas, que não quiseram se identificar temendo represálias, Sérgio foi atingido com um tiro no peito e conseguiu fugir do local, sendo socorrido logo depois. Alexandre, que está com Sérgio no momento da tentativa de homicídio, não foi atingido.

As duas vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital e Pronto-Socorro, na Zona leste da cidade, onde precisaram passar por cirurgias. Até o momento, os suspeitos de efetuar os disparos ainda não foram identificados. O caso está registrado no 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Agredido até a morte

Na madrugada de sábado (24), Chrystian Aquino de Oliveira foi linchado e morto por populares na rua Ipixuna, no Centro de Manaus. O linchamento contra a vítima aconteceu por volta de 1h30 da madrugada.

De acordo com informações dos moradores, Chrystian chegou em um lanche e começou a efetuar vários disparos de arma de fogo contra num outro homem, que até o momento não identificado pela polícia. A vítima de Chrystian conseguiu fugir e foi levado por familiares a uma unidade hospitalar da cidade.

Já Christian foi pego por populares que o agrediram com uma barra de ferro até a morte. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade