Sábado, 25 de Janeiro de 2020
Manaus

Dupla é presa após fazer arrastão e atirar contra ônibus em Manaus

De acordo com a polícia, Everson e Max chegaram a dar um tiro contra o ônibus durante a fuga para intimidar as vítimas



1.jpg Com eles a polícia apreendeu quatro aparelhos de celular, um tablete, uma mochila preta, três bolsas femininas e um revolver calibre 38, além de dinheiro
08/11/2013 às 14:57

Everson Saldanha Guimarães, 23, e Max Douglas Rocha, 19, assaltaram um ônibus da linha 212 na noite de quinta-feira (7) e acabaram presos por policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). De acordo com a polícia, a dupla entrou no coletivo armada, anunciaram o assalto e deram coronhadas no motorista, além de levarem celulares, dinheiro e objetos pessoais dos passageiros. Everson e Max chegaram a dar um tiro contra o ônibus durante a fuga para intimidar as vítimas.

Os policiais militares foram acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e conseguiram fazer o cerco contra a dupla. Segundo os policiais, Everton logo após o roubo entrou em um terreno com mata e chamou um mototaxi para fugir da área, mas foram interceptados pela viatura policial. Com ele a polícia encontrou um revólver calibre 38.



Alguns minutos depois, Max ligou para Everson e disse que estaria na rua 9, do bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, para dividir os produtos do roubo. Os policiais foram até o local indicado e prendera o segundo suspeito. Com eles a polícia apreendeu quatro aparelhos de celular, um tablete, uma mochila preta, três bolsas femininas e um revolver calibre 38, além de dinheiro e cordões de aço.

Everson e Max foram encaminhados ao 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados por roubo e após os procedimentos, ambos foram levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.