Publicidade
Manaus
ENTORPECENTES

Dupla é presa com 23 quilos de maconha do tipo skunk nas zonas Sul e Leste

O técnico de informática Sildomar Gonçalves da Silva, 37, confirmou ser dono de parte da droga e que iria comercializá-la pelos bairros de Manaus 12/09/2017 às 16:31
Show drogas
Foto: Divulgação/Denarc
Kelly Melo Manaus (AM)

Policiais do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) prenderam dois homens com aproximadamente 23 quilos de maconha do tipo Skunk nas Zonas Sul e Leste, no início da tarde desta terça-feira (12), em ações simultâneas.

A primeira prisão foi do técnico de informática Sildomar Gonçalves da Silva, 37, na avenida Cosme Ferreira, no Zumbi, na Zona Leste.  Na casa dele, a polícia encontrou 12 quilos também de maconha Skunk. Além do envolvimento com o tráfico de drogas, Sildomar também estava sendo procurado por homicídio.

“Nós tínhamos investigações porque ele era responsável por vários homicídios na cidade e inclusive estava com um mandado em aberto. Recebemos denúncias e fomos até o bairro onde ele estaria e conseguimos prendê-lo em flagrante com uma mala com as drogas”, afirmou o diretor do Denarc, Paulo Mavignier.

Em seu depoimento, o técnico de informática confirmou ser o dono da droga e que iria comercializá-la pelos bairros da capital.

O segundo a ser preso foi o auxiliar de cozinha Jorge Penha Padilha, 28, que estava escondendo 11 quilos de Skunk no camarote de uma embarcação que faz linha Tabatinga-Manaus e que estava atracada no Porto Privatizado, no Centro. Segundo delegado, os policiais também chegaram ao suspeito  através de denúncias anônimas.

“Nós recebemos a informação de que o cozinheiro da embarcação estaria com a droga. Então, fizemos uma revista e encontramos 11 quilos de maconha, no camarote dele. Em depoimento, ele falou que pegou a droga no município de Santo Antônio de Içá e que iria entregar os entorpecentes para um homem aqui em Manaus”, explicou o delegado.

O suspeito não informou quem receberia o material, mas confirmou que a entrega deveria acontecer na tarde de hoje.

Além dos policiais do Denarc, participaram da operação policiais do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Só neste, o Denarc somou a apreensão de aproximadamente 4 toneladas de entorpecentes.

Publicidade
Publicidade