Publicidade
Manaus
Manaus

Dupla é presa por tentativa de roubo em ônibus no Centro

Motorista que passava no local e viu a ação dos homens acionou a polícia. Os dois já tem passagens pela polícia por furto 30/05/2015 às 15:56
Show 1
Conforme a PC, a dupla tentava roubar passageiros da linha de ônibus executiva 817
acritica.com Manaus (AM)

Jefferson Japetus Bindá Pereira, de 19 anos, e Maricelson de Almeida Figueiredo, de 34 anos,  foram presos em flagrante na tarde desta sexta-feira (29), por volta de 12h30, no momento em que a dupla tentava roubar passageiros da linha de ônibus executiva 817. As informações são da assessoria da Polícia Civil.

A prisão foi efetuada por policiais civis da 6ª Seccional Centro-Oeste, sob coordenação do delegado titular Alessandro Albino. De acordo com o delegado, a prisão ocorreu na Avenida Leonardo Malcher, Centro de Manaus, Zona Sul da capital.

“Nossa equipe passava pela área quando foi acionada pelo motorista da linha que cruzava a via ao mesmo tempo em que ocorria a ação criminosa. Com a dupla, foi apreendido um revólver calibre 38, com seis munições intactas. Como o 24º Distrito Integrado de Polícia era o DIP mais próximo, encaminhamos os dois a delegacia para registrar o delito”, afirmou Alessandro.

Na sede da unidade policial, o caso foi repassado aos comandos do delegado titular Luís Carrasco. Durante coletiva de imprensa realizada à tarde, ele falou sobre a atuação da dupla dentro do coletivo.

“Sabemos que assim que Jefferson e Maricelson adentraram o ônibus, o motorista logo percebeu o comportamento suspeito deles. Em determinado momento, eles ameaçaram sacar a arma. Foi nesta hora que a equipe da 6ª Seccional Centro-Oeste agiu com rapidez, percebeu o sinal do motorista e frustrou a tentativa de roubo dos dois infratores”, disse Carrasco.

Conforme as autoridades policiais, Jefferson já tinha duas passagens pela polícia por furto e uso de entorpecente e Maricelson responde por três furtos. No 24º DIP eles foram autuados em flagrante por tentativa de roubo majorado, previsto no Artigo 157 do Código Penal Brasil, pelo emprego de arma de fogo. Após os procedimentos cabíveis, os dois serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade