Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Manaus

'É um golpe do destino muito duro', diz Arthur após decretar luto de sete dias em Manaus

Prefeito cancelou toda a sua agenda desta quarta-feira (13) e deve embarcar para participar de atos fúnebres. Acidente aéreo em Santos (SP) ainda deixou seis tripulantes mortos e dez pessoas em terra feridos



1.jpg Em abril, Campos recebeu título de cidadão manauara na CMM
13/08/2014 às 16:22

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, decretou luto oficial de sete dias em função da morte do candidato à presidência da República Eduardo Campos (PSB), ocorrida na manhã desta quarta-feira (13) em Santos (SP), em um acidente aéreo. Outras seis pessoas morreram e pelo menos 10 que estavam em terra ficaram feridas.

“É um golpe do destino muito duro, um golpe muito desmerecido, e nessa hora não tem como a gente reagir de maneira conformada porque é complicado”, disse Arthur.

“Eduardo Campos e eu sempre mantivemos uma conta corrente, um nunca deixou de estar do lado do outro nos momentos mais duros. Essa grande, sólida e leal amizade começou ainda com o avô dele e meu pai. Perdi um amigo leal, assim como Pernambuco perdeu seu filho mais ilustre e o Brasil viu aberta uma lacuna enorme no seu próprio futuro”, completou.

O prefeito cancelou toda a sua agenda desta quarta-feira, gravou um depoimento para a página de Eduardo Campos e iniciou os preparativos para embarcar para participar dos atos fúnebres.

No dia 25 de abril deste ano, o ex-candidato esteve em Manaus com Marina Silva para receber o título de cidadão manauara pela Câmara Municipal. Ele também cumpriu agenda na capital (confira galeria de imagens) visitando o Distrito Industrial e participando de reuniões com empresários, políticos e jovens locais. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.