Sábado, 19 de Outubro de 2019
Manaus

Economia doméstica: Farinha dobra de preço em Manaus

Perdas na agricultura e dependência da importação são motivos do aumento. Para se ter uma ideia, o AM produz apenas 25% da farinha que consome



1.jpg Farinha é o alimento base da cultura alimentar amazônica. O quilo chega a R$ 9
07/03/2013 às 10:03

O assunto já virou até piada de rede social. A farinha – alimento básico no cardápio do amazonense – está custando peso de ouro e virando artigo de luxo na mesa do consumidor. O quilo que há pouco tempo custava R$ 4, agora é encontrado até por R$ 9 em feiras e supermercados de Manaus.

A dependência da importação e o prejuízo à safra de mandioca em função do período chuvoso são justificativas para o aumento da farinha, dizem os órgãos responsáveis pela gestão agrícola no Estado.



Para se ter uma ideia, o Amazonas produz apenas 25% da farinha que consome. Os 75% são importados principalmente do Acre, Pará e Paraná - um dos maiores produtores do Brasil. As informações são da Agência de Desenvolvimento do Estado (ADS).

No boxe de José Carlos Santos, feirante há três anos na Manaus Moderna, Centro, o quilo da farinha varia de R$ 6,50 a R$ 8,50, dependendo do tipo e da qualidade do produto. A mais cara e mais nobre delas, é a ovinha, de cor amarela e caracterizada por seus grãos torrados e arredondados. A farinha do tipo ova é vendida a R$ 7,50, enquanto o quilo da farinha d’água e da farinha branca está saindo por R$ 6.

“O preço estava muito baixo e pouco atraente para o produtor, que também não mecaniza a área. É uma série de fatores que faz refletir no preço”, explicou o chefe do departamento de Agronegócios da ADS, Marco Petillo.

Agricultura

O plantio rudimentar baseado na agricultura familiar, que subutiliza as terras, além da questão ambiental, limitam a produção regional, informou Marco Petillo. Um exemplo de sucesso foi o município de Uarini, que dá nome ao tipo de farinha mais apreciada pelos amazonenses. Com técnicas de mecanização, os agricultores aumentaram a produção de 2 toneladas para 7,5 toneladas anuais. A mandioca é plantada em áreas de terra firme e de várzea.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.