Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
ALTERNATIVA ECONÔMICA

Econômico, GNV é diferencial para profissionais do volante em Manaus

Com preços entre R$ 3,00 e R$ 3,29, o gás natural veicular (GNV) é mais barato, oferece maior autonomia que a gasolina e é um diferencial para longas viagens no volante



Motorista_de_App__Adson_economiza_e_garante_maior_renda_-_ACERVO_CIG_S__2__85DD425B-5589-4EDC-A5C9-DAC1E918FCF9.JPG Foto: Divulgação
19/12/2019 às 17:03

Motoristas que circulam 100 quilômetros por dia ou mais, sendo com atividade remunerada ou a serviço de terceiros, enfrentam o desafio de equilibrar as contas em razão do alto custo dos combustíveis líquidos. A instabilidade nos preços e imprevistos com essas despesas geram prejuízos e incertezas, mas os condutores de Manaus têm alternativa. Com preços entre R$ 3,00 e R$ 3,29, o gás natural veicular (GNV) é mais barato, oferece maior autonomia que a gasolina e é um diferencial para longas viagens no volante.

A depender dos quilômetros rodados por dia a economia pode variar consideravelmente, resultando em redução de custo e estabilidade na hora de pagar o abastecimento. Afinal, a tarifa do GNV, elaborada pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) é regulada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam). No dispenser, o valor recebe ainda o acréscimo do posto e/ou da bandeira, mas se mantém estável e mais econômico que as demais opções.



Motorista de serviço de aplicativo, Adson Santos percebeu nitidamente a diferença nas primeiras semanas com o kit GNV instalado no veículo. “Em relação ao que eu gastava por dia, a economia é de 40% a 50%. Eu gastava em torno de R$ 100 a R$ 150 por dia, dependendo do quanto eu rodava. E hoje em dia gasto, no máximo, R$ 80”, calculou.

Economizando dessa maneira, Adson estima reembolsar o valor investido na conversão em menos de um ano. Em Manaus, há quatro oficinas autorizadas pelo Inmetro para instalação do Kit GNV, que tem como componentes: injetores, eletroválvula, redutor, chave comutadora, central eletrônica e o cilindro, que pode ser novo, requalificado e de capacidade variada, dependendo do interesse do motorista.

Nessas oficinas, o valor da instalação varia entre R$ 4 mil e R$ 5 mil. Após a conversão, é necessário realizar vistoria e inspeção do veículo e atualizar o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) com a informação de que utiliza o gás natural. Medidas necessárias para garantir a segurança no uso do combustível.

A vantagem evidente na ponta do lápis vem ganhando reflexo nos postos que oferecem o combustível na capital amazonense. De janeiro a novembro de 2019, o volume comercializado do gás natural a este segmento aumentou 21%. No décimo primeiro mês do ano, a distribuição chegou no valor médio de 14.148 metros cúbicos distribuídos por dia.

Incentivo

Desde o dia 30 de setembro, todo motorista que converter e regularizar o veículo para o GNV tem direito a um incentivo de R$ 4 mil, concedido através da Campanha ‘Faça a Conta. Use GNV!’. Participar e ter acesso ao bônus é muito simples: basta converter e regularizar o veículo, realizar o cadastro no site https://usegnv.cigas-am.com.br/ e apresentar documentação exigida em regulamento.

O valor é aproximadamente o investimento necessário para converter o veículo, o que facilita o processo de adaptação. Até o dia 19 de dezembro, foram 71 beneficiados, com 60 cadastrados em fila de espera. A Campanha terá duração de um ano ou até conceder o benefício de número 250.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.