Publicidade
Manaus
Manaus

Eleição para definir novos conselheiros tutelares acontece neste domingo (22), em Manaus

Após um primeiro pleito marcado por problemas e suspensão, a nova eleição acontece de forma tranquila em todos os 143 locais de votação espalhados pela capital amazonense, apesar de coordenadores notarem queda no número de eleitores em algumas zonas 22/11/2015 às 11:59
Show 1
Eleição para conselheiros tutelares acontecem por toda Manaus, sem problemas ou contratempos
Silane Souza Manaus (AM)

Diferentemente do primeiro pleito, a nova eleição para os cargos de conselheiros tutelares, que iniciou às 8h deste domingo (22), em Manaus, ocorre tranquilamente nos 143 locais de votação espalhados pela capital. A votação segue até as 17h e todas as pessoas em situação regular com a Justiça Eleitoral poderão comparecer as urnas.

Uma das coordenadoras da eleição no Colégio Estadual Sólon de Lucena, na Zona Centro-Sul, Ivelisse Noronha, revelou que o pleito ocorre sem contratempos, e a diferença deste para o anterior é que poucos eleitores. estão comparecendo

"Na eleição passada os eleitores chegavam, mas não encontravam seus nomes na lista. Dessa vez, o nome consta na lista, mas o número de pessoas que estão vindo votar diminuiu", comentou. 


A situação é diferente na Escola Estadual Eldah Bitton Telles da Rocha, na Zona Oeste. Os eleitores estão vindo em peso para votar, formando enorme fila. Mas o pleito segue tranquilo no local.

"Fomos considerados o 'bicho de sete cabeças' por conta dos grandes problemas ocorridos na eleição anterior, mas nessa estamos dando exemplo de pleito tranquilo", disse o coordenador Ivan Palheta.

Ao todo, 166 candidatos concorrem a 45 vagas de conselheiros tutelares e a 45 de suplentes, os quais serão distribuídos entre as Zonas Centro-Oeste, Centro-Sul, Leste I, Leste II, Norte, Oeste, Sul I, Sul II e Rural (esta último engloba as comunidades localizadas no rio Amazonas, rio Negro, BR-174 e AM-010).



A apuração acontecerá na próxima segunda-feira (23) e o resultado oficial deverá ser divulgado após a conclusão de todos os trâmites, que envolvem análise de recursos e denúncias. A posse dos novos conselheiros tutelares acontece em janeiro do próximo ano.

A eleição para o Conselho Tutelar não é obrigatória, mesmo assim, o aposentado Lázaro dos Santos Wanderlei, 74, compareceu a uma escola na Zona Centro-Sul para exercer sua cidadania. "Hoje em dia vemos tantas situação que envolvem abuso de crianças que é cada vez mais importante ver de que forma podemos agir para protegê-las. E essa é uma das formas, votando nos conselheiros, que tem por obrigação atuar na defesa e proteção das crianças", destacou.

Denúncias

O MPE-AM informou que até o momento houve algumas poucas denúncias de boca de urna, mas tudo está sob controle. De acordo com os promotores que estão fiscalizando a eleição, está tudo muito organizado e tranquilo. Eles acreditam que o envolvimento de mais funcionários municipais no pleito refletiu no processo, considerado mais organizado.

A apuração dos votos acontecerá nessa segunda-feira (23), às 16h, na arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-Sul da capital.

Publicidade
Publicidade