Sábado, 24 de Agosto de 2019
Manaus

Eleições: Frota de 1,4 mil ônibus estará disponível gratuitamente neste domingo (5), em Manaus

Coletivos deverão transportar, gratuitamente, mais de 800 mil pessoas neste domingo de eleição, na capital, segundo estimativa da SMTU



1.gif A exemplo da eleição passada, convênio firmado entre a Prefeitura de Manaus e o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas vai permitir a gratuidade do transporte público neste domingo, em Manaus
04/10/2014 às 17:17

Mais da metade da população da cidade deve fazer uso do transporte público neste domingo, de acordo com a Superintendência Municipal de Transporte Público (SMTU). O presidente da SMTU, Pedro Carvalho, afirmou que cerca de 800 mil pessoas usam o transporte público diariamente, mas, no dia do pleito eleitoral, a tendência é de superação da média dos dias úteis normais.

A gratuidade começa a valer a partir das 4h e termina à meia-noite. A votação iniciará às 8h e termina às 18h. Manaus tem hoje, de acordo com dados do IBGE, mais de 2 milhões de habitantes.

Pedro Carvalho atribui o aumento do movimento no transporte público a dois fatores: eleição e a gratuidade do serviço, tradicional benefício concedido em Manaus para ampliar o acesso ao exercício do voto, a partir de um convênio firmado entre a Prefeitura de Manaus e o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

“O sistema garante o transporte de 800 mil por dia. Só que mais que isso prejudica, e muito, o transporte. Mas é inevitável porque, por ser gratuito, as pessoas aproveitam para fazer de tudo nesse dia. Justificar o número de usuários no dia da eleição apenas com acesso ao voto, teria que considerar que muitos erram algumas vezes o local de votação”, declarou Pedro Carvalho.

De acordo com os dados da SMTU, “a média de passageiros é de 350 a 400 mil aos domingos”. Pelo acordo firmado com o TRE-AM, a prefeitura precisa garantir que a frota de 1.407 ônibus, a mesma de dias úteis, esteja circulando e não presas nas garagens.

Para isso, segundo a SMTU, os 40 fiscais do órgão circularão pelas garagens das empresas de transporte público e por toda a cidade para ajustar qualquer irregularidade. Os terminais de integração de transporte público também terão fiscalização diferenciada, segundo a SMTU.

Trânsito

O trânsito também será alvo de operações especiais neste domingo de eleição. De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), 290 agentes de trânsito, em viaturas e em postos de serviços, irão orientar motoristas e pedestres nas vias de acesso aos locais de votação com maior concentração de eleitores. Eles devem priorizar as vias em que o trânsito costuma ser mais intenso.

Ainda segundo o Manaustrans, não será necessário alterar a direção e circulação das vias. Qualquer denúncia ou indicação de locais em que venham a ocorrer eventuais problemas, a presença de um agente de trânsito poderá ser solicitada pelo telefone agentes de trânsito, o contato pode ser feito pelo telefone 0800 092 1188.

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), outros órgãos como Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) terão estratégias diferenciadas para este domingo de eleição.

Executivo e Alternativo vão cobrar

Os usuários que usarem ônibus executivos e alternativos terão que pagar normalmente pela passagem. O presidente da Superintendência Municipal de Transporte Público (SMTU), Pedro Carvalho, afirmou que essas duas modalidades ficam de fora do benefício pela dificuldade que o poder público teve, em experiências anteriores, de repassar o dinheiro aos proprietários dos veículos de transporte público.

“O transporte executivo, por exemplo, funciona sem uma regulamentação adequada. A experiência foi feita em outra eleição, mas não deu muito certo. Não tem como a prefeitura pagar esse transporte depois, dessa maneira”, declarou Pedro Carvalho.

Todos os ônibus do transporte coletivo regular circularão no domingo com faixas indicando que estão à serviço da Justiça Eleitoral. Nenhum documento específico será exigido para acesso aos coletivos.

Documentos e localPara a votação, no entanto, é necessário um documento de identidade. Quem ainda tem dúvida sobre o local de votação pode consultar o endereço no site do TRE-AM (www.tre-am.jus.br) e clicar no link do lado esquerdo superior “Título e local de votação”. No link, o eleitor pode saber, a partir da informação do número do título de eleitor ou do nome, a zona e endereço da escola em que ela está instalada.

Quem está fora da cidade em que vota deve justificar a ausência em qualquer local de votação, preenchendo um formulário e apresentado identidade e título de eleitor. Se não conseguir fazer, poderá justificar 30 dias após a votação, nos cartórios eleitorais, no TRE-AM.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.