Terça-feira, 31 de Março de 2020
FISCALIZAÇÃO

Em 10 horas de operação, Detran flagra 105 motoristas alcoolizados em Manaus

Durante abordagens, 1.787 testes de alcoolemia foram realizados pelos agentes de trânsito, e 34 veículos foram removidos ao parqueamento do órgão por diversas irregularidades



WhatsApp_Image_2020-02-23_at_15.51.13_C994DA79-1E2E-4380-B63F-C6B7B567BE9F.jpeg Foto: Divulgação/Detran-AM
23/02/2020 às 16:11

A fiscalização da Lei Seca em Manaus, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), flagrou 105 motoristas dirigindo sob efeito de álcool entre a noite de sábado (22) e a manhã deste domingo de Carnaval (23).

Durante cerca de 10 horas de operação, 1.787 testes de alcoolemia foram realizados pelos agentes de trânsito, e 34 veículos foram removidos ao parqueamento do órgão por diversas irregularidades.



O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, reforça que é extremamente importante o trabalho preventivo com a educação, mas também o trabalho repressivo, ostensivo, mostrando para a população que o Detran está nas ruas.

“É natural que nós estejamos nas ruas, combatendo principalmente a combinação de álcool e direção. Assim como as festas de fim de ano, o Carnaval também requer uma programação maior das forças policiais do Detran Amazonas, e por essa razão nós intensificamos as nossas ações”, disse o gestor.

No Amazonas, a fiscalização da Lei Seca ocorre por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, Polícia Civil e Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran).

A operação ocorreu de forma itinerante em diversas zonas da capital. Durante cerca de dez horas de fiscalização, 208 multas foram aplicadas, além de 92 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 22 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLVs) foram recolhidos.

Os veículos recolhidos foram removidos para o Parqueamento do Detran-AM, localizado no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste de Manaus, até que os proprietários regularizem as pendências.

O médico Vitor Albuquerque foi um dos motoristas abordados e aprovou a fiscalização. “Eu acho extremamente importante porque, ultimamente, principalmente nessa época do ano, Carnaval, essas coisas, o pessoal começa a extrapolar e a responsabilidade pode gerar muitos acidentes”, disse.

Lei Seca

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a penalidade para quem dirige embriagado é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se o condutor cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

A Lei Seca não permite a direção de veículos sob efeito de qualquer quantidade de bebida alcoólica ingerida pelo condutor. Caso o índice seja a partir de 0,34 mg/L, o motorista é preso em flagrante.

Educação

Neste Carnaval, o Detran-AM também entrou na folia para promover um trânsito seguro por meio de ações educativas dinâmicas.

O “Bloco do Detran” está passando em bares, blocos, bandas de Carnaval e pelo Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo) levando alegria e conscientização para o trânsito por meio de abordagens educativas e encenação teatral para alertar os motoristas sobre os riscos de misturar bebida e direção.

A ação é promovida pela Gerência de Educação para o Trânsito da instituição. Na noite do sábado (22), cerca de 5 mil pessoas foram alcançadas pelas ações educativas.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.