Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
FINALIZADO

Em cima do tempo, Andanças fecha apresentação com brilho e brincadeira

Faltava apenas 1 minuto para a escola de samba do bairro Cachoeirinha estourar o tempo



02/03/2019 às 23:15

A Andanças de Cigano fecha o desfile totalizando 68 minutos de apresentação. Coroando a apresentação, o carro “Com ou sem dinheiro, deixe-me brincar de Carnaval” ressalta a principal riqueza dos brincantes da Andanças: o amor pela escola. “Esse ano conseguimos fazer um desfile lindo exaltando nossas riquezas”, diz Benayon.

Segunda escola a desfilar na noite deste sábado (2), a Andanças de Cigano, do bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus, mostrou todo seu valor levando para a avenida o tema: “O Sonho de ser um milionário”, animando os foliões presentes no Sambódromo.

A Andanças de Cigano fecha o desfile totalizando 68 minutos de apresentação. Coroando a apresentação, o carro “Com ou sem dinheiro, deixe-me brincar de Carnaval” ressalta a principal riqueza dos brincantes da Andanças: o amor pela escola. Faltava apenas 1 minuto para a escola do bairro Cachoeirinha estourar o tempo.

“Esse ano conseguimos fazer um desfile lindo exaltando nossas riquezas”, diz Vilson Benayon, presidente da Andanças.

Segunda escola a desfilar na noite deste sábado (2), a Andanças de Cigano, do bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus, mostrou todo seu valor levando para a avenida o tema: “O Sonho de ser um milionário”, animando os foliões presentes no Sambódromo.

O tema despertou a imaginação dos foliões que desfilaram e revelaram quais os planos para se tornarem milionários ainda este ano. Para a técnica em patologia Alzineide Santos, que veio ao Sambódromo pela primeira vez compondo a ala dos apostadores, a expectativa é que o enredo traga dinheiro também para o seu bolso. “É a primeira vez desfilando e espero que dê pra ficar milionária igual ao Tio Patinhas”, brinca a foliã.

Já o casal Edinho Rosa, 43, e Selma Pereira, 37, que também fizeram sua estreia na avenida com a agremiação da Cachoeirinha, a esperança de ficar rico vale se o trabalho permitir. “O segredo pra ficar milionário ainda esse ano é muito trabalho duro, espero que consiga”, diz.

Para o universitário Wellington Peixoto, 24, existem formas mais práticas de consegui a bolada sem muito esforço. “Eu tava até brincando que eu tenho essa mania de apostar na loteria sempre. Então espero que o enredo desse ano faça com que eu conquiste a riqueza, não só aqui no desfile, mas pra sempre. Só um milhão já ta bom”, diz aos risos.

Ficha técnica

Escola: Andanças de Ciganos

Enredo: “O sonho de ser um milionário”

Fundação: 16 de janeiro de 1976

Componentes: 2.800

Entrada: 22h

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.