Publicidade
Manaus
DEFICIÊNCIA

Em cinco meses, Manaus ficou 13 dias sem energia elétrica, aponta levantamento

Segundo pesquisa feita no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram 331 horas sem energia. Relatos sobre as constantes quedas têm se tornado frequentes tanto na capital quanto no interior 28/07/2016 às 10:54 - Atualizado em 28/07/2016 às 16:12
Show energia eletrica
Moradores do conjunto Galileia reclamam da constante falta de energia elétrica (Foto: Antonio Lima)
Luana Carvalho Manaus (AM)

De janeiro até maio deste ano, a população de Manaus ficou 331 horas sem energia, o que equivale a aproximadamente 13 dias ininterruptos sem eletricidade, de acordo com levantamento feito no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Os dados de 2016 são referentes à Duração de Interrupção Individual por Unidade Consumidora (DIC), o intervalo de tempo que, no período de apuração, em cada unidade consumidora ou ponto de conexão ocorreu descontinuidade da distribuição de energia elétrica.

Desde domingo, moradores de várias áreas têm relatado, com mais frequência, quedas de energia e interrupções de mais de cinco horas sem energia elétrica, como aconteceu no bairro Santo Antônio, na Zona Oeste, ocorrido no último domingo.

Conforme relato dos moradores, a energia foi interrompida às 15h e retornou por volta das 20h. No conjunto elétrico do bairro Santo Antônio, segundo dados do site da Aneel, somam quase 30 horas sem energia em 2016, uma média de sete horas de falta de luz por mês.

Na última segunda-feira, no bairro Planalto, ainda na Zona Oeste, moradores também sofreram com a falta de energia por quase três horas.

Na zona Centro-Sul as quedas de energia também estão incomodando os moradores. Na última terça-feira, moradores do bairro Aleixo reclamam das constantes quedas. “Aqui até que não fica muito tempo sem energia, mas as quedas é que são mais perigosas. Quando a gente nota que a energia está oscilando, já vamos desligando todos os equipamentos, pois o risco de queimar é grande”, contou a dona de casa Sara Pinto, 28 anos.

De domingo até ontem, a Aneel registrou seis reclamações na Ouvidoria.

Falta luz no interior

Na página da Eletrobrás Amazonas Energia, as reclamações não se limitam só aos consumidores da capital. O usuário Antônio Bezerra reclamou que há aproximadamente dois meses que o município de Atalaia do Norte, distante 1.131 quilômetros de Manaus, está sem energia pela parte da manhã.

“Parece que no município de Benjamin Constant está acontecendo a mesma coisa, considerando que a energia que recebemos é fornecida de lá. Como usuário gostaria de saber da Amazonas Energia o verdadeiro motivo pelo qual estamos sofrendo com a falta de energia todos os sábados em nosso município”, escreveu o consumidor Antônio Bezerra.

De acordo com dados da Aneel, em todo o ano passado, em Atalaia do Norte, foram 84 horas se interrupção no conjunto elétrico do Alto Solimões.

Constantes interrupções

A concessionária Eletrobrás Amazonas Energia foi procurada para comentar as quedas de energia e questionada sobre quantos bairros e quantas vezes houve interrupção desde o último domingo, mas não respondeu até o fechamento desta edição.

Publicidade
Publicidade