Publicidade
Manaus
ELEIÇÕES 2018

Em evento com políticos locais, Artur Neto chama Rodrigo Maia de 'aliado do Amazonas'

Tucano demonstrou que pode apoiar candidatura de Maia à presidência da República pelo Democratas 11/05/2018 às 22:30
Show whatsapp image 2018 05 11 at 22.07.14
Foto: Divulgação
acritica.com* Manaus (AM)

Diversas lideranças políticas do Amazonas se reuniram em um encontro realizado pelo partido Democratas, que encerrou o ciclo de visitas do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em Manaus. A reunião serviu como termômetro das possíveis candidaturas nas Eleições 2018, inclusive para a presidência da República, que coloca o presidente da Câmara Federal como pré-candidato.

O deputado federal Pauderney Avelino, o prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB) e o senador Omar Aziz (PSD) subiram ao palco dando demonstrações claras que devem caminhar juntos nesta eleição. "Se formos apoiar a sua candidatura, Rodrigo, tenho certeza que estaremos apoiando um político muito bem preparado e aliado do Amazonas", afirmou o prefeito Arthur Neto.

Pauderney comentou sobre as visitas nas fábricas Moto Honda e Samsung, em que foi possível apresentar a Maia, um pouco mais do modelo econômico da Zona Franca. "Rodrigo tem sido um grande parceiro do Amazonas ao longo nos anos na defesa do polo industrial", disse Avelino.

"O nosso papel é republicano e temos que desenvolver todas as regiões de forma mais igualitária", comentou  Maia, lembrando da necessidade de interligar as regiões do Brasil, e citou a BR-319 como um importante meio para isso. O presidente da Câmara também defendeu um maior investimento no turismo brasileiro, como alternativa para gerar emprego e renda para o país, e principalmente para o Amazonas.

Maia concluiu que é preciso enxugar o Estado brasileiro, que é ineficiente, com muito gastos e pouco devolve ao cidadão."A longo prazo devemos ter um estado mais eficiente, menor, que deixe mais recursos no bolso do cidadão, cobre menos imposto, regulador forte, leis claras e retorno de investimento, para recuperação da economia", finalizou.

*Com informações da assessoria de imprensa.

Publicidade
Publicidade