Publicidade
Manaus
Manaus

Em liberdade condicional, ex-presidiário é executado a tiros no bairro Cidade de Deus

Juan Gabriel havia sido preso em flagrante no início do ano e respondia por roubo majorado. Ele possuía uma tatuagem de palhaço no peito direito 14/02/2016 às 16:03
Show 1
Conforme informações do IML, Juan Gabriel também possuía uma tatuagem de palhaço no peito direito
Fábio Oliveira Manaus

O presidiário Juan Gabriel Passos Guimarães, de 19 anos, foi executado a tiros, na noite de sábado, por volta das 21h30, na rua Barão de Rio Branco, no conjunto Braga Mendes, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

De acordo com registro da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima foi morta por homens não identificados. No local do crime, ninguém quis comentar sobre o caso. Juan Gabriel estava em liberdade provisória.

Segundo consta nos autos do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ–AM), ele havia sido preso em flagrante no início do ano e respondia por roubo majorado. O processo foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia.

Conforme informações do Instituto Médico Legal (IML), Juan Gabriel também possuía uma tatuagem de palhaço no peito direito, o que significaria que ele é a favor da morte de policiais. A reportagem foi à residência de Juan, mas não havia ninguém.

A DEHS estará responsável pela investigação, porém ainda não havia pista sobre o caso.

Publicidade
Publicidade