Publicidade
Manaus
DRAMA

Em Manaus, aprovados em concursos públicos travam luta para serem convocados

Demora e a falta de informações dos órgãos públicos preocupam e prejudicam os aprovados em concursos 26/07/2017 às 16:43
Show llllll
Aprovados em concurso da Susam passaram 14 dias acampados em protesto (Foto: Clóvis Miranda/04/jul/2017)
Rebeca Mota Manaus (AM)

Milhares de amazonenses sonham com o dia em que vão passar em um concurso público e assim terão a tão sonhada estabilidade profissional e financeira. No entanto essa esperança pode ser frustrada quando tem que esperar por uma convocação que pode se estender durante vários anos.

Exemplo disso é pelo menos 2,5 mil classificados em concursos pelo governo do Estado nos últimos três anos. Aprovados nos concursos da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Defensoria Pública do Amazonas (DPEAM) e Procuradoria-Geral do Estado do Amazonas (PGE-AM) que aguardam serem chamados e nomeados.

A demora e a falta de informações preocupam os aprovados que se sentem prejudicados em relação aos planos pessoais e profissionais como o caso dos aprovados no concurso da Susam em 2014. Durante 14 dias um grupo de manifestantes acampou em frente à sede da secretaria para pressionar pelas nomeações.

Uma delas é Lidiane Ferreira, que aguarda ser chamada no concurso da Susam desde 2015. Emocionada, ela conta que chegou a entrar em depressão por conta de não ser convocada. “Sai em setembro 2012 do meu emprego para me dedicar aos estudos e passar em algum concurso publico. Não aceitei nenhuma proposta de trabalho no ano de 2015 por conta da expectativa de ser convocada nesse concurso. Minha irmã passou dificuldades financeiras pra manter um tratamento médico e veio a falecer. Diante disso ela que foi minha principal motivação pra estudar para esse concurso, faleceu e não pode me ver trabalhando na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), onde ela fez por anos o tratamento de uma doença sem cura”, revela.

A Susam repassou para os aprovados que faria uma reunião nesta semana, sem marcar dia e a hora. “Na última reunião de terça-feira (18) eles falaram que nós teríamos outra reunião para saber como estavam os trâmites e o levantamento dos números aproximados que eles pretendem contratar em agosto, mas tentamos falar com a assessora e até agora não responderam. Estamos desanimados por não poder crer na resposta deles”, conta.

A assessoria da Susam informou que o secretário está tomando as decisões necessárias para em seguida marcar uma data junto com o gabinete para divulgar as informações.

Outro candidato aprovado é Kilme Rodrigues que passou nos concurso do SSP, Prodam e TJAM. “TJ nomeia Big Brother, esposa de vice prefeito, mas não nos nomeiam - pessoas comuns - alegando falta de orçamento. Eles não querem tirar os comissionados que são indicações para nomear os concursados”, reclama.

O advogado Inácio Navarro, aguarda até setembro deste ano para ser nomeado no concurso da DPE, realizado em 2013. E conta que o grupo de aprovados deste concurso está fazendo movimentações nas redes sociais. “Os aprovados correm o risco de não serem convocados por problemas orçamentários, pois o valor que a DPEAM recebe atualmente de orçamento não será suficiente para nomear todos”, enfatiza.

Mais de 561 vagas são oferecidas

Pelo menos cinco órgãos começam a inscrever no Amazonas para preencher 561 vagas em carreiras de todos os níveis de escolaridade. As novas oportunidades são para diversos municípios do estado.

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam), por exemplo, oferece 34 vagas para professores de até R$ 9.570,41. As inscrições podem ser realizadas até o dia 28 de julho das 9h às 11h e das 14h às 17h, diretamente na secretaria da Unidade Acadêmica.

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) oferta 132 vagas para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto com subsídio mensal de R$ 27.500,17. As inscrições poderão ser realizadas a até 2 de agosto no site www.concursosfcc.com.br.

A Defensoria Pública da União (DPU) com inscrições abertas para 17 vagas no cargo de Defensor Público até o dia 14 de agosto.

Publicidade
Publicidade