Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Manaus

Em Manaus, empresários têm R$ 19 mil roubados por supostos policiais civis

Os supostos policiais civis ainda teriam apreendido dois funcionários do frigorífico e exigido uma quantia de R$ 30 mil para a liberação dos homens



1.jpg Quatro homens, supostamente policiais civis, são acusados de entrar na residência que pertence à prima do dono do Frigorífico e Casa de Carne Thalyta
30/07/2013 às 17:07

Quatro homens, supostamente policiais civis, são acusados de entrar na residência que pertence a prima do dono do Frigorífico e Casa de Carne Thalyta, na noite de segunda-feira (29) e levar uma quantia estimada em R$ 19.500. A diligência segundo descrição divulgada no relatório de ocorrências da Polícia Militar aconteceu sem apresentação de mandado de busca e apreensão. Durante o ato, os supostos policiais civis ainda teriam apreendido dois funcionários do frigorífico e exigido uma quantia de R$ 30 mil para a liberação dos homens.

Chamados pelas vítimas policiais militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência, mas conforme levantamento feito pela reportagem, até o início da manhã desta terça-feira (30) a família não havia registrado a ocorrência de invasão e roubo em nenhum Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Ainda com base no relatório enviado pela assessoria de imprensa da PM, as vítimas informaram que os suspeitos se identificaram como policiais civis e disseram que estavam ali para verificar a denuncia de que no local estavam armazenados produtos vencidos, e que lá os empresários modificavam a data de validade dos produtos. Em conversa com os policiais, a dona da residência teria dito que autorizou a ação mesmo sem a apresentação de mandado.

O documento da PM, também revela que os supostos policiais encontraram no local uma quantidade de entorpecentes. De acordo com as vítimas, os homens estavam em dois veículos, um Voyage e um Pálio, ambos de cor prata e placas não identificadas. A quantidade de drogas, que supostamente foram encontradas na casa, não foi informada pela polícia.

As vítimas registraram um Boletim de Ocorrência (B.O) e a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) investiga o caso.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.