Publicidade
Manaus
Manaus

Em Manaus, homem é preso após ameaçar postar fotos íntimas de adolescente na Internet

Fotografias e vídeos da jovem de 17 anos estavam em um celular que foi roubado. Após criar perfil falso no Facebook, o acusado pedia R$ 2 mil para não espalhar o conteúdo do aparelho nas redes sociais. Ele foi preso em flagrante após emboscada armada pela polícia 04/11/2014 às 11:43
Show 1
Caso foi registrado no 6º DIP
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Cada vez mais as pessoas se arriscam expondo sua intimidade em aparelhos celulares. Prova disso ocorreu na tarde desta segunda-feira (3), quando a polícia prendeu o autônomo Redson Ferreira de Souza, de 36 anos, por tentar extorquir uma menor de idade. O homem ameaçava expor imagens nuas de uma adolescente de 17 anos na Internet, que delatou o caso à polícia. Em troca do sigilo, o acusado pedia R$ 2 mil.

Todo o drama da menor, que é casada, começou quando o marido teve o celular roubado em uma casa de show há cerca de dois meses. Tudo transcorria normalmente na vida do casal até ela ser contatada por uma pessoa por meio de um perfil falso do Facebook, identificado apenas como “Madalena”, e dizia ter em seu poder fotos e vídeos da jovem em cenas explícitas. 

As ameaças duraram duas semanas e, durante esse período, o suspeito pedia a quantia de R$ 2 mil para devolver o conteúdo do celular à jovem. Ele chegou a passar os dados de uma conta bancária para que ela efetuasse o pagamento da extorsão. A adolescente relatou à polícia que o homem chegou a lhe enviar algumas imagens dela - uma de lingerie e outra completamente sem roupas - para provar que não estava mentindo.

Se vendo cada vez mais acuada com as ameaças, a adolescente procurou a Polícia Militar e relatou o fato. A pedido dos agentes do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a jovem marcou um encontro com o acusado em um supermercado localizado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus, para lhe "entregar o dinheiro" em troca de um pen drive que continha as imagens.

Assim que o acusado se apresentou, os policiais que estavam à paisana o prenderam em flagrante. No momento da prisão, o autônomo negou que estivesse ameaçando a jovem e que teria ido ao seu encontro a pedido de uma amiga. No entanto, não soube dizer o nome e nem onde estaria tal pessoa. Na delegacia, os policiais encontraram, além das imagens da jovem, um extrato bancário com os mesmos dados repassados a moça.

O acusado responderá pelo crime de extorsão e também foi enquadrado no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por tentativa de exposição de imagem pornográfica de adolescente. O caso é inafiançável e o autônomo deve ser encaminhado ainda nesta terça-feira (4) à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.


Publicidade
Publicidade