Publicidade
Manaus
GREVE GERAL

Em protesto, 'Drag Amazônica' reivindica direito de demarcação de terra indígena

 A aparição da drag foi uma forma diferente utilizada por Emerson para reivindicar o direito da demarcação de terra dos índios, outro ponto dos protestos 28/04/2017 às 19:28 - Atualizado em 28/04/2017 às 21:07
Show protesto08888
O personagem do biólogo Emerson Pontos, 26, participou na tarde de desta sexta-feira (28), da manifestação de greve geral
Amanda Guimarães Manaus (AM)

A drag queen Uýra Sodoma, a "Drag Amazônica", personagem do biólogo Emerson Pontos, 26, participou na tarde de desta sexta-feira (28), da manifestação de greve geral ocorrida na Praça do Congresso, no Centro de Manaus.

 A aparição da drag foi uma forma diferente utilizada por Emerson para reivindicar o direito da demarcação de terra dos índios, outro ponto dos protestos, além de ser contra as reformas Trabalhista e Previdência propostas pelo governo federal

O jovem estava pintado com uma tinta branca e utilizando uma peruca com folhas naturais. "Estou me expressando por meio da Drag Amazônica. A minha reivindicação é pela demarcação das terras indígenas. Conforme pesquisa, temos a informação que apenas um milhão de índios vivem no Brasil. O Governo Federal não tem respeitado os povos indígenas", disse.

Por onde passava, Emerson, ou Uýra Sodoma, chamava atenção durante a manifestação. "Estou manifestando pela mata, porque ela é essencial para todos nós os seres humanos. Ela é a nossa energia", completou.

Publicidade
Publicidade