Publicidade
Manaus
7 por dia

Em apenas seis meses, Sinetram registra mais de 1.300 assaltos a ônibus na capital

Segundo o sindicato, prejuízo às empresas que operam o transporte coletivo chega a R$ 379 mil. Zonas Norte e Leste possuem os maiores índices de crimes em ônibus. SSP realizou neste mês operação contra assaltos 14/07/2016 às 16:07 - Atualizado em 14/07/2016 às 16:08
Show ssp assalto
Em julho, SSP, Polícia Civil e Polícia Militar realizaram operação para coibir crimes (Foto: Divulgação/SSP)
acrítica.com Manaus (AM)

Em apenas seis meses, mais de 1.300 assaltos a ônibus foram registrados na capital. As informações são do Sindicado das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). O sindicato defende a eliminação do pagamento em dinheiro para evitar a incidência dos crimes. Neste mês, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) realizou uma operação contra assaltos no transporte coletivo.

De acordo com o Sinetram, de janeiro a junho, as dez empresas que operam o transporte coletivo de Manaus registraram 1.344 assaltos a ônibus, uma média de sete por dia. Segundo o sindicato, o prejuízo às concessionárias ultrapassa R$ 379,8 mil. Conforme os registros, as regiões com maiores índices de crimes nos coletivos são as zonas Norte e Leste da capital.

Para o presidente do Sinetram, Carmine Furletti, a solução para a redução no número de crimes dentro dos ônibus é o uso dos cartões “passafácil” para o pagamento da tarifa.

“O que atrai os criminosos para dentro dos ônibus é o fluxo de dinheiro que os cobradores possuem no caixa. A partir do momento que eliminarmos esse dinheiro e os usuários pagarem a tarifa apenas com o cartão passafácil, vamos reduzir esse tipo de crime”, destaca. 

Para a emissão do cartão cidadão, o usuário deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram e apresentar RG e o CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15.

Os postos de atendimento localizados nos PAC’s e Terminais de Integração, funcionam de 8h às 18h, de segunda a sexta. O posto central, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado do T1, funciona de segunda a sexta de 7h às 19h.

Operação

Nos dias 7 e 10 de julho, a SSP, a Polícia Civil e Polícia Militar deflagraram uma operação para coibir assaltos a ônibus. A ação durou 4h e ocorreu em nove bairros da Zona Leste. Um homem de 18 anos foi preso e três adolescentes com idades de 13, 15 e 16 anos forram detidos. Com eles, as equipes apreenderam uma motocicleta roubada, três facas e um capuz usados para praticas os delitos.

Publicidade
Publicidade