Publicidade
Manaus
CULTURA

Em visita à RCC, ministro da Cultura revela desafio em repercutir o Amazonas no exterior

Nesta semana, Sérgio Sá Leitão vai a Parintins acompanhar a 53ª edição do Festival Folclórico. Para ele, preocupação do Ministério da Cultura é fazer com que bens culturais do Estado apareçam mais em outras regiões 25/06/2018 às 20:00 - Atualizado em 25/06/2018 às 20:02
Show ministrodacultura
Fotos: Winnetou Almeida
Vitor Gavirati Manaus (AM)

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou, nesta segunda-feira (25), que a preocupação do ministério administrado por ele é encontrar uma forma para que a cultura amazonense repercuta nacional e internacionalmente. A declaração foi dada durante visita à sede da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), na Zona Centro-Sul de Manaus, onde foi recepcionado pelo vice-presidente do grupo, Dissica Calderaro.

“Eu sempre me encanto com a diversidade e a potência da cultura amazonense. A nossa grande preocupação é: como que nós podemos contribuir para promover, incentivar e fazer com que os bens e serviços culturais aqui do Amazonas tenham uma repercussão maior em termos nacionais e internacionais. Esse é o desafio que o Ministério da Cultura se propôs”, disse o ministro.

Em Manaus, o ministro da Cultura também participou da abertura do Circuito  ‘Diálogos #CULTURAGERAFUTURO’ e se reuniu com representantes da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), além de visitar pontos turísticos, como o Teatro Amazonas.

Ainda nesta segunda-feira, Sérgio viaja para os Estados Unidos, mas retorna na sexta-feira (29) ao Amazonas para acompanhar o 53º Festival Folclórico de Parintins.

“Eu estou absolutamente entusiasmado com a perspectiva de presenciar diretamente, pela primeira vez, o Festival. Já tive oportunidade de ver pela televisão, ouvi as pessoas comentando comigo. Eu nutria esse desejo há algum tempo e finalmente vou realizar”, afirmou o ministro que vai acompanhar apenas as duas primeiras noites da disputa entre os bumbas Caprichoso e Garantido.

Visita à RCC

Na visita à sede da RCC, feita na tarde desta segunda-feira, acompanhado pelo secretário estadual de Cultura, Denilson Novo, o ministro Sérgio Sá Leitão conheceu as dependências da TV A Crítica ao se encontrar com o vice-presidente Dissica Calderaro.

“Foi ótima (a visita). Fiquei muito impressionado com a estrutura, com o alcance, com a diversificação das operações da Rede Calderaro de Comunicação e com o apoio e tempo que é destinado à produção local de conteúdo. Isso aí é uma marca. É um trabalho excepcional”, comentou Sérgio.

 

#CULTURAGERAFUTURO

O Circuito ‘Diálogos - #CULTURAGERAFUTURO’ é um seminário promovido pelo Ministério da Cultura nas 27 capitais brasileiras para capacitar produtores culturais e gestores públicos a utilizar as ferramentas de incentivo à cultura disponibilizadas pelo Governo Federal. Manaus foi a 21ª capital a receber a ação, que contou com oficinas, palestras e mesas redondas no Centro Cultural Povos da Amazônia, na Zona Leste.

“Nós temos já um investimento significativo (no Amazonas). Mas podemos e devemos aumentar esse investimento. Por isso que organizamos esse seminário. A receptividade foi muito grande. O auditório estava cheio de artistas e produtores culturais interessados. A resposta foi muito positiva. Nosso desejo é aumentar o investimento do Governo Federal em cultura aqui no Amazonas”, declarou o ministro.

Riqueza cultural do Amazonas

A vinda de Sérgio Sá Leitão nesta semana não é a primeira do ministro ao Amazonas que diz sempre se encantar com a riqueza cultural do Estado.

“Eu sempre me encanto com a diversidade e a potência da cultura amazonense. É impressionante e, é claro, por conta da matriz indígena e da matriz europeia e depois com as sucessivas ondas migratórias. Isso gerou um caldo cultural muito intenso”, avaliou Sérgio prometendo investimentos.

“Aqui a gente tem muitos ativos culturais com uma importância local imensa. Inclusive contribuindo para a geração de renda, para geração de emprego e inclusão no estado. Mas que apresentam potenciais de alcance para além das divisas estaduais, em território nacional e até internacionalmente. Que é uma perspectiva que nós devemos explorar”, completou.

Arqueologia

Outra vertente cultural do Amazonas destacada por Sérgio em sua passagem por Manaus foi o potencial arqueológico da região.

“Tem também toda a questão do patrimônio histórico, sobretudo, aqui em Manaus. Aqui também, onde você vai, tem campos arqueológicos. É impressionante. São cerca de mil no estado. A brincadeira que se faz é: no Amazonas, onde você cava, você acha alguma coisa”, disse aos risos.

Publicidade
Publicidade