Publicidade
Manaus
TROCA DE FARPAS

Embate entre David e Omar marca primeiro bloco de debate da TV A Crítica

David Almeida (PSB) relembrou pedido de Omar Aziz (PSD) para que ele fosse vice da chapa de Amazonino Mendes na eleição suplementar 28/09/2018 às 18:16 - Atualizado em 28/09/2018 às 18:21
Show whatsapp image 2018 09 28 at 17.39.49 c2e2707b a2bf 46fa 82b8 f30308f90bda
Foto: Márcio Silva
acritica.com Manaus (AM)

O primeiro bloco do debate da TV A Crítica entre os candidatos ao governo do Amazonas, nesta sexta-feira (28), foi marcado por um embate entre Omar Aziz (PSD) e David Almeida (PSB). O governador e candidato à reeleição Amazonino Mendes (PDT) foi o único dos seis candidatos convidados a não comparecer.

Após cutucar Amazonino pela ausência no debate, Omar questionou David sobre a atual situação do Estado. "Foi no pior momento da história desse estado que eu assumi o governo. O Amazonas pode ser um lugar melhor para se viver", mencionou Almeida na resposta, lembrando feitos de seu mandato-tampão em 2017.

Na réplica, Omar disse que David prejudicou os aposentados da Educação ao não conceder o reajuste da data-base aos professores do Estado. “Já que tinha dinheiro”, argumentou Omar.

David, na tréplica, disse que foi convidado por Omar para ser o vice de Amazonino Mendes na eleição suplementar. “Fiz o que estava ao meu alcance”, retrucou.

ASSISTA AO DEBATE

Em 2017, após a cassação do mandato do governador José Melo e do vice-governador Henrique Oliveira, ambos do PROS, David Almeida, filiado ao PSD de Omar Aziz, assumiu interinamente no dia 9 de maio o cargo de governador do Amazonas, onde permaneceu até o dia 5 de outubro.

À frente do governo interino, no ano passado, David Almeida tentou se consolidar como candidato do PSD na eleição suplementar para governador do Estado, mas Omar o preteriu e resolveu apoiar a candidatura de Amazonino, negando a legenda a David.

O ato provocou um racha entre David e Omar, e mesmo filiado desde 2011 no PSD, ano que a legenda foi criada, o parlamentar deixou a sigla no dia 8 de março deste ano. Em seguida anunciou que tinha encontrado no PSB o apoio para concorrer ao Governo na eleição de outubro.

Participam do debate da TV A Crítica, além de David Almeida e Omar Aziz, os candidatos Berg da UGT (Psol), Lucia Antony (PCdoB) e Wilson Lima (PSC).

Publicidade
Publicidade