Publicidade
Manaus
PORTAS FECHADAS

Embora tenha sido inaugurado, Shopping T4 só deve funcionar em 40 dias

Subsecretaria Municipal do Centro (Subsemc) explica que período é para a instalação dos 700 microempreendedores no local. Mais de R$ 30 milhões foram destinados para a construção do local 04/07/2016 às 05:00
Show shopping t4
O empreendimento, localizado entre o Terminal de Ônibus 4 e a rotatória do Produtor, está com as lojas fechadas (Foto: Evandro Seixas)
Silane Souza Manaus (AM)

O Shopping T4, localizado entre o Terminal de Ônibus 4 do Jorge Teixeira e a rotatória do Produtor, considerada maior e última das unidades que integram o projeto “Viva Centro Galeria Populares”, que retirou os camelôs das ruas do Centro da cidade – foi inaugurado no último dia 1º, pelo prefeito Arthur Neto. Mas, o empreendimento está fechado desde então. A previsão é que ele abra as portas somente daqui a 30 ou 40 dias.

De acordo com a Subsecretaria Municipal do Centro (Subsemc), responsável pela alocação dos ex-camelôs, esse período é para que os mais de 700 microempreendedores se instalem no local, uma vez que apenas a obra pronta do shopping foi entregue pelo prefeito. “Os empreendedores terão esse tempo para mobilhar suas lojas e os órgãos para concluir suas instalações”, informou.

Quem mora nas proximidades do shopping popular ficou um pouco frustrado com a não abertura do empreendimento após sua inauguração. “Eu achava que seria aberto logo para a população, mas não, ficou fechado. E não sabemos nem quando vai começar a funcionar, o que é muito frustrante porque estamos esperando ansiosos por esse espaço”, disse a dona de casa Gerusa da Silva, 31 anos.

Além de abrigar 700 microempreendedores, o local também abrigará praça de alimentação, supermercado, um Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), mini-auditório, salas de treinamento, agência bancária, banheiros, elevador, escadas, estacionamento e pista de caminhada. O shopping faz parte de projeto de retirada de camelôs das ruas e possui 32 mil metros quadrados de área total.

Investimento

Para a construção do Shopping T4, foram destinados mais de R$ 30 milhões, via contratação de empresa por licitação, sendo os serviços executados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). A obra recebeu um aporte de R$ 6 milhões do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU), que compõe a estrutura do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Reestruturação

Iniciadas há dois anos como parte das ações de restauração e requalificação do Centro Histórico de Manaus, as obras do Shopping T4 estavam previstas para o primeiro semestre de 2015. Segundo a prefeitura, o atraso de um ano se deu por conta da queda de arrecadação do município.

Publicidade
Publicidade