Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
NATAL DA ESQUINA

Empreendimentos de Manaus se unem em prol de ação natalina sustentável

Autointitulado ‘4 esquinas’, o grupo de empreendedores realizam atividades de decoração dos espaços com iniciativa ecológica, além de ações solidárias com arrecadação de fundos para instituições solidárias



euzi_4E121CF0-FA31-469B-BB42-A0B0A89B09CD.JPG Foto: Euzivaldo Queiroz
22/11/2019 às 07:40

 “A união faz a força”, diz o ditado popular. E “quatro esquinas” do bairro Nossa Senhora das Graças, ou melhor, quatro empreendimentos, se uniram para promover um Natal alegre e sustentável. Em prol do fortalecimento das marcas e também da comunidade, decoraram juntos o espaço onde estão situados, com uma iniciativa ecológica.

O grupo, autointitulado “4 esquinas”, conta com a participação da cafeteria Armazém 296 (do casal Luiz Eduardo Wallace da Silva e Maria Vitória Zadorosny), da Casa Cinco Pub (do empresário Diego Antony), da hamburgueria Coruja Burger (da empresária Carol Dantas) e do Rebecca Weber Salon (que leva o nome da proprietária, Rebecca Weber), todos localizados entre as ruas Rio Amapá e Rio Madeira.



De acordo com Carol (do Coruja Burger), a passos de formiguinha, os quatro empreendimentos colaboram para fazer com que o projeto se estenda por outras datas festivas, na intenção de conscientizar também os consumidores.

A proposta surgiu de uma inspiração de Rebecca e teve início no Dia das Crianças, quando os estabelecimentos promoveram uma ação para arrecadar fundos para uma instituição, o Núcleo de Assistência à Criança e à Família em Situação de Risco (NACER).

Posteriormente, repetiram a saga para o Dia das Bruxas (Halloween). Durante o mês de outubro, a iniciativa ganhou um viés sustentável. “O primeiro passo foi dado a partir da ideia da Rebecca. Acabamos juntando isso à paixão pessoal da Vitória [Armazém 296] por reduzir, reutilizar e reciclar”, detalha Carol.

Proprietária do Armazém 296, Vitória fala que o projeto vai muito além da ornamentação. O grupo transformou o que seria lixo em artesanato, utilizando enfeites natalinos a partir de materiais recicláveis, como garrafas pets, caixas de leite e de creme de leite e lonas já utilizadas. Nesse último caso, contaram com o apoio da empresa de impressão digital Mind Design, que doou lonas que seriam descartadas, bem como os tubos que as envolvem.

“A decoração é apenas com a intenção de chamar atenção das pessoas para o consumo e o descarte consciente. No nosso estabelecimento, por exemplo, já temos um projeto para chegar próximo de zero na produção de lixo. Para nós, sustentabilidade é uma preocupação básica, para deixar um mundo melhor para as futuras gerações”, ressalta ela.

Solidariedade

No espírito natalino, os empresários também aproveitaram para lançar um compromisso social, contribuindo com pessoas em condições muito difíceis. Eles coletam os materiais recicláveis, depois entregam para imigrantes venezuelanos – desempregados, em sua maioria – produzirem os enfeites. “Uma das venezuelanas que apoiamos é artista plástica. Ela quem desenvolve a decoração. Juntamos a matéria-prima, entregamos pra eles e fazemos uma cota para pagá-los”, destaca a proprietária do Armazém 296.

O processo de ornamentação das esquinas tem sido feito aos domingos e deve ser finalizado na próxima semana. Vitória fala que, para a surpresa do grupo, na última montagem, outras pessoas pararam para admirar o cenário e pediram informações para reproduzir a decoração em seus estabelecimentos.

“Na rua Amapá, inclusive, mais três empreendimentos se mostraram interessados”, pontua, orgulhosa. Pelo visto, a esquina dos quatro vai ‘aumentar’ de tamanho.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.