Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020
DENÚNCIA

Empresária diz que funcionários foram agredidos por motoristas de aplicativo

Durante manifestação, dois trabalhadores de uma empresa de caminhões acusaram motoristas de agressões e de causar prejuízos a veículos que totalizam R$ 7 mil



WhatsApp_Image_2020-10-27_at_11.16.11_3FE60006-4B4C-423B-AB2C-4FBF4B483F5D.jpeg (Foto: Filipe Távora)
27/10/2020 às 11:27

Dois funcionários de uma empresa de transporte foram agredidos, em uma manifestação realizada por motoristas de transporte por aplicativo, na noite desta segunda-feira (26), na avenida Noel Nutels, na Zona Norte de Manaus, conforme denúncia feita pela empresária Gersonete Maia Pinheiro, 48, ao Portal A Crítica. 

Motoristas de transporte por aplicativo realizaram uma manifestação por mais segurança na cidade após a morte do motorista Josenildo Hipólito de Souza, assassinado a tiros enquanto deixava uma passageira no local de destino. 



Conforme Pinheiro, a agressão ocorreu quando dois motoristas de caminhão da empresa dela retornavam à sede. “Eles arranharam o carro de uma manifestante, segundo eles disseram. Aí começou. Agrediram dois funcionários que estavam dentro da empresa, consertando carros”, disse Pinheiro. 

Parte dos manifestantes quebrou dois carros e dois caminhões, o que gerou um prejuízo de, aproximadamente, R$ 7 mil à empresa, de acordo com Pinheiro. “Agrediram trabalhadores que não tinham nada a ver com o que aconteceu com o motorista morto, encontraram pessoas sujas de óleo, trabalhando. É um patrimônio que lutei para conquistar, e, que, agora, foi destruído. Fica aqui meu apelo para que isso não fiquei impune ”.

Ela informou que registrará um Boletim de Ocorrência (BO) no 27° Distrito Integrado de Polícia (DIP). A reportagem aguarda nota da Polícia Civil (PC) sobre o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.