Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
SEXTA FASE

Empresário é preso em nova fase da operação Maus Caminhos em Manaus

Gustavo Macario Bento, foi preso no condomínio Unique, localizado no bairro Aleixo. O cunhado dele, empresário do ramo de refeições, também é alvo da operação



aagora_pf_dois_2F11AECC-7645-40C2-A233-FFE1B1E37256.JPG Foto: Jair Araújo
30/07/2019 às 10:54

A Polícia Federal do Amazonas prendeu na manhã desta terça-feira (30), o empresário Gustavo Macario Bento, no condomínio Unique, localizado no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus, durante a Operação Eminência Parda, que é uma nova fase da Operação Maus Caminhos. Com ele, foram apreendidos dois carros de luxo. A informação foi confirmada pelo delegado Alexandre Teixeira, da PF. 

Além de Gustavo, que é empresário pecuarista com atuação em Boca do Acre/AM e Manaus/AM, o cunhado dele, também empresário, é alvo da operação. Ele atua no ramo de fornecimento de refeições.



De acordo com o Inquérito Policial instaurado para investigar os fatos, os dois envolvidos teriam utilizado de uma empresa fornecedora de refeições para, em conluio com o então administrador de uma organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) que atuava na administração de hospitais e serviços médicos hospitalares no Estado do Amazonas, desviar recursos públicos federais, mediante a simulação de serviços e outras fraudes, como a prática de sobrepreço, que possibilitaram pagamentos indevidos reiteradas vezes.

Além disso, a investigação criminal também possibilitou a descoberta da possível prática de crime de lavagem de dinheiro por parte do empresário que atua no ramo da pecuária, em cooperação com outros investigados da Operação Maus Caminhos. De acordo com as provas obtidas, o empresário teria chegado a receber periodicamente e em espécie, a quantia de R$ 1.040.000,00 (um milhão e quarenta mil reais) ou frações, repassada pelo então administrador da OSCIP, com a finalidade de ocultar a origem, natureza e propriedade do dinheiro público desviado por intermédio da referida organização social.

Estão sendo cumpridos 2 mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Manaus/AM e Boca do Acre/AM, e Rio Branco/AC, além de 7 mandados de bloqueio de contas de pessoas físicas e jurídicas no montante de aproximadamente R$20.0000.000,00 (vinte milhões de reais).

Nome da Operação

Eminência parda é uma expressão utilizada para designar aquele que atua de forma oculta, “nos bastidores”, mas que detém grande poder.

Será concedida coletiva de imprensa, às 13h de hoje (30), no Auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas.

*Com informações de assessoria de imprensa

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.