Publicidade
Manaus
Manaus

Empresários investem em serviços natalinos para atrair clientela durante fim do ano em Manaus

Elaboração de pratos para a ceia de Natal e venda de presentes personalizados estão entre os investimentos feitos por empreendedores para a data 20/12/2014 às 19:01
Show 1
Chocolatier Talita Avelino prepara guloseimas especiais, como brigadeiros e panetones exclusivos
JULIANA GERALDO Manaus (AM)

As festas de Natal e Ano Novo sempre criam oportunidades para o lançamento de novos produtos e serviços que fazem sucesso entre a clientela. Em Manaus não é diferente e, ano após ano, os empresários vão se especializando em oferecer o maior número de opções possíveis que tenham relação com as datas.

Com a proximidade do Natal, alguns desses empreendedores já estão com a produção (ou a agenda) a todo vapor para atender a demanda. Vale de tudo. Da elaboração de pratos para a ceia natalina até a venda de presentes personalizados. ACRITICA conversou com alguns desses profissionais e vai mostrar negócios lucrativos que deram certo neste fim de ano.

O proprietário da Importadora Nossa Senhora de Fátima (Avenida Silves, 1147, Raiz, Tel: 3237-4591, Joaquim Nogueira) que há 22 anos trabalha com a importação de vinhos e espumantes, faz sucesso nesta época do ano, não apenas pelas bebidas vindas da Europa e da América do Sul como também pelo bacalhau português que já é presença garantida na ceia de famílias amazonenses.

Joaquim Nogueira importa produtos como vinhos e espumantes para atender a demanda (Foto: Márcio Silva)

“Junto com o período da Páscoa, o Natal é responsável por lotar a loja, dias antes da data. O fluxo de clientes chega a crescer até 50% em relação a dias comuns. De fato, vinhos, espumantes, o bacalhau, queijos e as frutas secas são os itens de maior procura”, conta.

Segundo o empresário, este ano, a loja abasteceu as prateleiras com vinhos importados como o Tarapaca Chileno, a partir de R$ 25. Entre os espumantes, dizponíveis a partir de R$ 35, a novidade é a marca espanhola Freixenet. Já o bacalhau salgado do tipo ‘gadus mohua’, pode ser encontrado a partir de R$ 45, o quilo.

Ceia encomendada

Além dos produtos típicos das festas, há alguns anos, Joaquim e sua equipe aceitam encomendas de ceia para a noite de Natal. São dois pratos. A torta de bacalhau serve até oito pessoas e custa R$ 95 e a rabanada tradicional tem o preço sob consulta, dependendo da quantidade desejada. “Os dois pratos saem bastante. O único pedido é que o cliente faça sua encomenda com dois dias de antecedência, principalmente se o objetivo for servir o prato durante a ceia”, explica.

Lembrancinhas

Há oito anos no mercado e há dois em loja própria a chocolatier Talita Avelino (Rua Recife, 1506, Adrianópolis) faz sucesso no período natalino. Com doces personalizados e panetones recheados com chocolate belga, a loja faz sucesso entre adultos e crianças.

A aposta desse ano, no entanto, foram as lembrancinhas. “Nós temos chocolates e doces de preços variados, mas resolvemos colocar como carro chefe uma caixinha personalizada com brigadeiros tradicionais que custa R$ 15. É bom, bonito e barato”, resume.

Cesta de chocolates é um dos produtos de maior sucesso na loja de Talita Avelino (Foto: Antônio Lima)

Ela conta que o produto tomou forma para agradar um número maior de clientes. “Fim de ano é época em que se quer agradar a todos e todo mundo gosta de receber uma lembrancinha, de ser lembrado. Assim, é possível presentear mais pessoas”, detalha.

A loja de Talita oferece ainda outros itens como cestas natalinas de diversos tamanhos e preços, panetones caseiros de doce de leite com chocolate belga branco, a R$ 60 e chocotone no pote, de R$ 20 a R$ 35.

Para quem quiser a festa em casa nesse fim de ano, com doces decorados com motivos natalinos, Talita vende a caixa com 50 unidades por R$ 200 e a caixa com 100 unidades por R$ 400.

Dezembro garante maior clientela

O cabelereiro e maquiador profissional, Klauber Di Souza (Telefone: 98163-8480), conta que o número de clientes dispara em dezembroO cabeleireiro e maquiador profissional, Klauber Di Souza não oferece um serviço exatamente dedicado às festas de Natal ou Ano Novo, mas é exatamente este o período em que ele recebe a maior quantidade de demanda das clientes.

Cabelereiro e maquiador, Klauber Di Souza, atende em seu estúdio ou na casa da cliente (Foto: Divulgação)

A busca por um espaço na agenda de Klauber começa com meses de antecedência e este ano, no dia primeiro de dezembro, já estava lotada até o final do ano. “Faço a maquiagem e o cabelo de noivas, debutantes e formandas o ano inteiro, mas em dezembro a demanda dispara. Além dos eventos tradicionais, ainda tem as confraternizações de fim de ano e todas as clientes querem ficar impecáveis para a ocasião”, relata.

Diferencial O serviço de Klauber tem tanto destaque porque ele não faz apenas o penteado e a maquiagem da cliente. “Eu e meus assistentes fazemos todo o acompanhamento da noiva ou da debutante no dia da festa. O serviço exige exclusividade durante um dia inteiro e inclui, no caso da noiva, acompanhamento para sessão de fotos”, detalha.

O diferencial faz com que ele deixe de ter a agenda lotada apenas no fim de semana. “Em dezembro, todo dia é dia de festa, então também ficamos ocupados preparando as clientes para festas de segunda a sexta. O Natal tem sido bastante movimentado”, brinca.

Além de um Natal e um Ano Novo lucrativo, Klauber começa a estabelecer um novo ‘modus operandi. “ Este fim de ano me ajudou a perceber que a formato mais promissor para minha atividade é mesmo essa do atendimento exclusivo e na casa da cliente”, avalia. 

Publicidade
Publicidade