Publicidade
Manaus
Manaus

Empresas de transporte coletivo em Manaus registraram mais de 240 assaltos em janeiro

As regiões com maiores índices de crimes nos coletivos são as zonas Norte e Leste da capital, onde concentram o maior número de usuários, cerca de 400 mil por dia 18/02/2016 às 17:42
Show 1
As empresas contabilizaram um prejuízo de mais de R$ 477,3 mil, o valor dava para adquirir dois ônibus novos
acritica.com* Manaus (AM)

Durante o mês de janeiro, as dez empresas que operam no transporte coletivo de Manaus registraram 244 assaltos, uma média de 7 por dia. No mesmo período do ano passado as concessionárias contabilizaram  136 assaltos. A quantidade de crimes em 2016 rendeu já às empresas um prejuízo de mais de R$ 45,8 mil.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Carmine Furletti, acredita que uma das alternativas para a redução no número de crimes dentro dos ônibus, é o uso dos cartões passa fácil para o pagamento da tarifa.

“Só há uma alternativa, por parte do Sinetram,  para conseguirmos reduzir esse elevado índice de assaltos: a utilização dos cartões passafácil para o pagamento da passagem. Quando conseguirmos reduzir o fluxo de dinheiro dentro dos ônibus, tenho certeza que os crimes vão diminuir. O prejuízo não é só o financeiro, mas principalmente psicológico dos colaboradores e usuários”, ressalta o presidente.

Ainda de acordo com Furletti, os órgãos de segurança pública precisam continuar se empenhando para combater esse tipo de crime e dar mais segurança aos usuários e colaboradores.

“Sabemos de todo o esforço da polícia para reduzir esse tipo de criminalidade, mas a média diária de assaltos continua a mesma do ano passado. Em todos os casos os colaboradores são orientados a registar o Boletim de Ocorrência e as imagens das câmeras de segurança dos veículos são cedidas à polícia, que em algumas situações consegue identificar os criminosos, porém a maioria não é solucionada”, finaliza.

Conforme os registros, as regiões com maiores índices de crimes nos coletivos são as zonas Norte e Leste da capital, onde concentram o maior número de usuários, cerca de 400 mil por dia.

Números de 2015

De janeiro à dezembro de 2015 foram registrados 2.701 assaltos . As empresas contabilizaram um prejuízo de mais de R$ 477,3 mil, o valor dava para adquirir dois ônibus novos.

Cartão Cidadão

O usuário que quiser emitir o cartão cidadão deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram e apresentar RG e o CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15.

Os postos de atendimento localizados nos PAC’s e Terminais de Integração, funcionam de 8h às 18h, de segunda a sexta. O posto central, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado do T1, funciona de segunda a sexta de 7h às 19h.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade