Terça-feira, 14 de Julho de 2020
NOVIDADES

Empresas do Polo Industrial têm projetos para enfrentar Coronavírus

Os projetos industriais, incluídos na pauta da primeira reunião virtual do Codam, estão estimados no valor de R$ 1,578 bilhão e buscam gerar 2.815 empregos no Amazoas no período de até três anos.



POSITIVO_CFD0D082-38E8-4213-91E7-D5842A495DF5.jpg Positivo quer criar aparelho para análise de amostras de sangue, por meio de radiações ópticas
29/06/2020 às 17:23

Três dos 50 projetos que serão avaliados na 285ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) nesta terça-feira, tratam sobre o enfrentamento da pandemia do coronavírus pelo setor industrial.

Os projetos consistem na fabricação de: um aparelho para análise de amostras de sangue, por meio de radiações ópticas, implementado pela empresa Positivo Tecnologia Ltda; máscaras descartáveis implementado pela Cal-Comp Indústria e Comércio de Eletrônico; e a produção de álcool em gel pela A.S.A. Pharmacos e Cosméticos. Os projetos demonstram o crescimento de um novo segmento médico-hospitalar na indústria do Amazonas.



Segundo o titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti-AM), Jório Veiga Albuquerque, os projetos industriais, incluídos na pauta da primeira reunião virtual do Codam, estão estimados no valor de R$ 1,578 bilhão e buscam gerar 2.815 empregos no Amazoas no período de até três anos.

“Essa pauta é muito significativa, simboliza um grande esforço coletivo envolvendo o governo do Estado, o setor privado, as instituições como um todo, na tarefa de manter viva a atividade industrial em um momento de grande crise”, disse.

A última reunião do Codam foi realizada dia 19 de fevereiro deste ano, quando foram aprovados 37 projetos industriais estimados em R$ 782 milhões, com geração de mil vagas no mercado de trabalho, no período de até três anos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.