Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
WhatsApp_Image_2017-09-01_at_09.52.32.jpeg
publicidade
publicidade

MEIO AMBIENTE

Encontro discute mitigação de mudanças climáticas em Manaus

A oficina promovida pela USP e o Observatório da Região Metropolitana de Manaus, tem como objetivo discutir as estratégias de enfrentamento às mudanças climáticas, no âmbito da cidade de Manaus


01/09/2017 às 12:22

Como a cidade de Manaus vem se portando em relação às mudanças climáticas e o que pode ser feito para aumentar a capacidade de adaptação da metrópole? É o que busca saber o Projeto CiAdapta, com a oficina “Mudança Climática e o Processo Decisório de Manaus”, realizada nesta sexta-feira (01), no laboratório de Geografia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Promovida pela Universidade de São Paulo (USP) e o Observatório da Região Metropolitana de Manaus, a oficina é parte de uma iniciativa nacional que visa identificar os entraves e obstáculos para elaboração, por parte das cidades, de estratégias mitigadoras aos efeitos da elevação da temperatura do planeta, bem como identificar oportunidades de ação e adaptação.

O diretor de Áreas Protegidas da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Márcio Bentes, disse que o encontro é apenas o primeiro de muitos que ainda virão. “Nossa expectativa é a de que a partir desse encontro, passemos a dispor de dados oficiais sobre as ações mitigadoras do município com desdobramentos futuros”, enfatizou.

Ele destacou que várias ações de enfrentamento às mudanças climáticas estão sendo realizadas por órgãos municipais, estaduais, federais e organizações não governamentais, mas não de forma sistematizada. E o encontro pode ajudar com isso. “A ideia é reunir essas iniciativas para que tenhamos um diagnóstico do que está acontecendo na cidade e o que estamos fazendo nesse momento para que possamos criar um plano de trabalho para combater e nos adaptar as mudanças”.

O secretário-executivo do Observatório da Região Metropolitana de Manaus, Mauro Ruffino, disse que o objetivo é conhecer o que o poder público municipal está fazendo, além de discutir possíveis medidas de serem adotadas, para se ter um plano conectado entre as diversas secretarias que ajude a mitigar os efeitos das mudanças climáticas e a adaptação. “É uma forma de provocar e sensibilizar o poder público para tentar corrigir possíveis impactos e se preparar com ascendência para as mudanças”.

Ele revelou que a ideia é expandir as discussões provocadas pelo Projeto CiAdapta para os 13 municípios da Região Metropolitana de Manaus, em um segundo momento.

publicidade
publicidade
Bolsonaro e Paulo Guedes se contradizem ao falar sobre Zona Franca de Manaus
Celebrações religiosas marcam Sexta-feira da Paixão na Catedral de Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.