Publicidade
Manaus
T2

Entrega do Terminal de Integração da Cachoeirinha é adiada novamente

A Seminf informou que as obras de infraestrutura já foram concluídas, porém há ajustes na sinalização e na logística de funcionamento que precisam ser feitos 23/08/2016 às 10:30
Show 1125923
Com terminal ainda fechado para reforma, ônibus continuam parando na rua (Foto: Euzivaldo Queiroz)
acritica.com Manaus (AM)

Uma nova data de entrega do Terminal de Integração da Cachoeirinha (T2) deve ser anunciada nos próximos dias pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Na última semana, o subsecretário de obras públicas da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), responsável por realizar a obra, Antônio Nelson Júnior, informou ao A CRÍTICA que o T2 tinha previsão de ser entre entregue entre a última sexta-feira e ontem. O prazo inicial para a finalização da obra estava previsto para dezembro de 2015.

A Seminf informou que as obras de infraestrutura já foram concluídas, porém há ajustes na sinalização e na logística de funcionamento que precisam ser feitos.

Responsável por implantar as sinalizações, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) informou que este processo está em fase final e incluiu sinalizações vertical, horizontal, além do sistema semafórico, divisores de fluxo, placas de regulamentação, faixas de pedestres, faixas de retenção, placas de orientação e a reativação do semáforo com saída pela avenida Carvalho Leal.

O instituto informou ainda que, assim que concluir esse processo, o terminal será repassado à SMTU, que tem a responsabilidade de organizar a logística e entregar a obra à população.

Reclamações

Há quase 1 ano e dois meses à espera da revitalização, usuários do transporte público reclamam das dificuldades criadas pela obra e nunca solucionadas pela prefeitura ao longo desses 14 meses de reforma.

É o caso do autônomo Edilson Mendes, 60. Todos os dias ele precisa descer do ônibus nas proximidades do terminal para fazer a integração com outro coletivo. Desde que o T2 foi fechado para reforma, o autônomo precisa pagar duas passagens para seguir destino e duas passagens para retornar, uma vez que não possui o “Cartão Cidadão”, que permite essa integração sem pagar tarifa extra.

“Quando descia no terminal, gastava uma passagem de ônibus. E não sou só eu”, reclamou o autônomo, que ainda criticou a desorganização do terminal. “Desde que fecharam para reforma, nunca sei onde fica a parada certa de cada linha. Ficamos completamente perdidos, é um descaso com a população”.

‘Desrespeito é geral’

Para o segurança Francis de Lima, 44, a situação não é diferente. Todos os dias, precisa descer nas proximidades das paradas improvisadas para apanhar outra linha com destino ao trabalho. “ O desrespeito é geral com o usuário. Esse terminal deveria ter sido entregue há meses, agora somos obrigados a ficar praticamente no meio da rua e correr atrás do ônibus”, reclamou.

De 120 dias para 14 meses

O Terminal da Cachoeirinha (T2), localizado no bairro da Zona Sul de Manaus, foi fechado no dia 9 de junho de 2015 para reforma. O prazo para conclusão da obra era de 120 dias, porém mais de um ano depois, ela ainda não foi entregue.

Publicidade
Publicidade