Publicidade
Manaus
Sustentabilidade

Empresa faz entrega sustentável de bicicleta em Manaus

Para fugir da crise, microempresário uniu duas paixões: o meio ambiente e as bicicletas 18/09/2016 às 12:52 - Atualizado em 18/09/2016 às 16:51
Show neto
Foto: Antônio Menezes
Isabelle Valois Manaus (AM)

Para unir a paixão pelo meio ambiente, a bicicleta e fugir da crise do desemprego, há um ano o micro empresário Raimundo dos Santos Neto, 34, abriu a própria empresa de entregas sustentáveis de bicicleta, a “Amazon Bikentrega”. No cartão de visita, repassado só por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, Neto afirma que todos os documentos e encomendas são entregues no horário previsto e não há limitações, os documentos são entregues em todo o perímetro de Manaus e tudo de bicicleta.

A ideia surgiu de um amigo de infância do micro empresário. Os dois, desde criança sempre foram apaixonados pela bicicleta, como Neto havia iniciado a faculdade de logística e Mateus Araújo cursada administração, juntaram os conhecimentos e idealizaram o projeto da empresa de entrega sustentável.

“Verificamos quais eram os trâmites necessário para abrir a empresa e assim que conseguimos nosso CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), começamos a vender nosso serviço e a procurar clientes”, contou Neto.

Por causa do aperto com os estudos da faculdade, o amigo de Neto precisou sair da empresa, mas como o micro empresário gostaria de continuar com a atividade deu continuidade à empresa. “Outros lugares do Brasil e até em outros países existem esse tipo de serviço. Há pessoas que só aceitam as encomendas se forem de forma sustentável e ecológica, aqui em Manaus, percebo que os empresários e até o público geral, precisa adquirir confiança no serviço e acolher a ideia”, comentou o micro empresário.

Dificuldades

Para o microempresário a maior dificuldade deste um ano de trabalho é fazer com que as pessoas acreditem na agilidade da bicicleta e entendam da responsabilidade do serviço no qual ele oferece. Na maioria das vezes, Neto precisa realizar tipo uma prova de experimento aos clientes para conseguir a confiança e acreditem no trabalho. “Há um ano que estou com esse serviço, e graças a Deus sempre deu certo e os clientes sempre ficaram agradecidos pelo serviço, porém esse processo de aceitação ainda é trabalhoso”, explicou.

Outro dificuldade, mas no caso mais rotineiro é o respeito dos demais veículos que também trafegam pelas vias de Manaus. Conforme Neto, o problema é mais relacionado com os veículos grande, como ônibus e caminhões, que além de andar em alta velocidade passam pelo ciclista buzinando e não respeitam as as normas de trânsito onde se diz que todo veículo precisa andar uma distância de 1,5 metros do ciclistas. Neto informou que em Manaus, alguns dos carros também desrespeitam a norma, mas afirma que a falta de sinalização desses veículos o atrapalha, pois nunca sabe quando o carro irá dobrar ou não.

Clima não atrapalha

Quando se fala de bicicleta em Manaus, muitos questionam sobre o clima da cidade e afirmam não ser um local apropriado para adotar a bicicleta como meio de transporte. O microempresário Raimundo dos Santos Neto, de segunda à sábado realiza o serviço de entrega de encomendas e documentos entre às 7h até 18h. “Qualquer horário que o cliente precisar que realizemos a entrega, estarei em prontidão”, afirmou.

Sobre o clima, o microempresário contou que todo ciclista precisa se adaptar com o local onde mora. Ele para trabalhar, utiliza roupas leves e de material apropriado para o ciclismo que encontra nessas lojas apropriadas para venda de materiais de bicicleta. Calças compridas e blusas de manga comprida. Mesmo assim, antes de vestir a roupa, Neto passa bastante protetor solar, principalmente no rosto e para ajudar ainda mais na proteção utiliza um chapéu com abas nas laterais.

“Manaus é quente, mas antes que as pessoas julguem se devemos adotar a bicicleta como transporte, precisam pelo menos experimentar para saber como é diferente, olhamos a cidade com um olhar diferente e isso faz um bem danado. Acredito que as empresas também precisam incentivar os funcionários, criando bicicletário, banheiro com chuveiro para aquele funcionário que decidir ir de bicicleta possa tomar um banho. Assim que nos adaptamos com clima. A bicicleta além de ser sustentável, ela possui muitos benefícios, muitos dele aprendi com meu trabalho de entrega”, disse.

Publicidade
Publicidade