Domingo, 15 de Dezembro de 2019
AVALIAÇÃO

Equipes farão vistoria técnica na praia da Ponta Negra nesta quinta-feira (8)

Prefeitura informou ontem (6) que estudava suspender banhos após jovem ter caído em buraco e ficado submerso por 12 minutos



43949665580_40f0af08e3_z_34A105BC-0A5A-48F7-A6CD-6CAAEA066291.jpg Foto: Divulgação
07/11/2018 às 16:37

Equipes de órgãos de segurança farão uma vistoria técnica na praia da Ponta Negra nesta quinta-feira (8) para avaliar as condições do balneário. Ontem (6), a Prefeitura de Manaus informou que estudava suspender banhos após um jovem ter caído em um buraco e ficado 12 minutos submerso.

A cota do rio Negro alcançou 17,05 metros nesta quarta-feira (7), segundo medição no Porto de Manaus. Conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2013, a marca de 16 metros é a cota de segurança mínima para a entrada dos banhistas no rio.



O documento, assinado entre a prefeitura, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, resultou na adoção das atuais normas de uso da praia perene. Em outubro de 2015, houve uma interdição provisória da praia para assegurar segurança dos banhistas.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Claudio Guenka, explicou que todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos que já atuam na Ponta Negra irão direcionar suas atividades para orientar e fiscalizar os banhistas.

"É uma questão de a população entender que estamos preocupados em resguardar suas próprias vidas, que o poder público está atuando a favor da segurança. Placas de sinalização estão sendo instaladas ao longo da praia perene informando sobre áreas impróprias para o banho”, destacou Guenka.

Antes de tomar qualquer medida, o Implurb, que responde pela gerência do Complexo Turístico Ponta Negra, adotou mecanismos de vistoria, análise e medição da praia com o Corpo de Bombeiros, Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Segundo a Prefeitura de Manaus, todos já foram oficiados para apresentar laudos sobre as condições da praia perene.

Segundo a Cláusula 1 do TAC, parágrafo 3°, “a interdição automática do uso da praia ocorrerá sempre que os laudos e/ou relatórios a que se referem os parágrafos anteriores comprovarem que a praia encontra-se imprópria para o uso dos banhistas”.

"Vamos aguardar o resultado do laudo técnico para tomar as medidas, mas o cuidado é diário, porém existem excessos que tentamos orientar, tanto com bebida, como com crianças. Então, a população também tem que ter os cuidados que orientamos, principalmente, com as placas de sinalizações”, ressaltou o vice-presidente do Implurb, Telamon Firmino. 

Histórico 

A praia perene foi entregue durante a obra de requalificação da primeira etapa da Ponta Negra, no ano de 2012. Em novembro do mesmo ano, a praia foi interditada aos banhistas, por recomendação do MPE e com base no laudo técnico do CPRM, que identificou a existência de depressões na área onde foi feita a praia perene, oferecendo risco aos frequentadores do local.

Após assinatura do TAC, em 2013, a praia da Ponta Negra, na Zona Oeste, recebeu novas placas de sinalização para alertar banhistas e usuários quanto às regras da praia, especialmente quanto ao uso da área de banho no rio Negro.

Na praia, além do horário de funcionamento indicado para banho - até às 17h - e a preocupação com as crianças dentro do rio, a recomendação é o cuidado no consumo de bebidas alcoólicas. 

É importante respeitar as normas de uso da praia e não ultrapassar o cordão de isolamento, que indica a área de segurança dentro da água. Placas de orientação quanto aos cuidados e horários estão distribuídas em toda a área de uso permitido e regular. 

Denúncias de mau uso do complexo devem ser feitas à comissão da Ponta Negra ou à PM, que atua com policiais e com ciclopatrulha  o local. 

“Sempre orientamos os pais ou responsáveis para que redobrem a atenção quando houver crianças no local. Orientamos a não se afastarem, principalmente quando as crianças estiverem brincando na água. É importante respeitar as normas de utilização da praia e não ultrapassar o cordão de isolamento, que indica área de segurança dentro da água. Também recomendamos aos banhistas que evitem entrar alcoolizados na água para diminuir os riscos de afogamentos e outros acidentes”, recomenda a coordenadora da Ponta Negra, Rosângela Macedo. 

Segurança 

Os corpos permanentes de segurança da praia da Ponta Negra, incluindo Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, atuam dando apoio à retirada de banhistas das águas antes das 17h.

Durante a semana, o Corpo de Bombeiros conta com uma equipe de salva-vidas distribuídos, diariamente, na área da praia, por todo o perímetro delimitado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.