Sábado, 20 de Julho de 2019
EDUCAÇÃO

Escola pública em Manaus oferece 50 vagas para alunos surdos e cegos-surdos

As vagas são quem quer iniciar estudos ou continuar a formação básica, do 1º ao 9º ano de Ensino Fundamental. Também há vagas para EJA



88.jpg Foto: Divulgação
07/02/2018 às 12:19

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) está disponibilizando 50 vagas para alunos surdos e cegos-surdos que queiram iniciar os estudos ou dar continuidade à formação básica de ensino, do 1º ao 9º ano de Ensino Fundamental. As vagas são para a Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos, que fica na avenida Lourenço da Silva Braga, 155, Manaus Moderna, no Centro.

A Escola Augusto Carneiro dos Santos – que desenvolve há 35 anos um trabalho diferenciado, sendo uma escola de referência no atendimento a alunos com deficiência auditiva – realiza atividades desenvolvidas durante o ano letivo e que estimulam toda a parte desportiva dos estudantes por meio do atletismo, natação e outras modalidades. A instituição, segundo a Seduc, é certificada pelo ISO 9001 (gestão de qualidade) e premiada na categoria de gestão escolar.

De acordo com a gestora da Escola Augusto Carneiro dos Santos, Haydeé Carneiro, as atividades são fundamentais para o aprendizado. “A nossa escola é muito dinâmica, que trabalha para despertar os interesses do aluno, que aprende através da visão”, disse.

As atividades de trabalho de inclusão na escola têm por objetivo preparar os alunos para o ingresso no Ensino Médio. Segundo a gestora, também são feitas visitas à escola em que o aluno irá cursar o Ensino Médio. “Os professores trabalham com projetos em suas metodologias e são preparados para trabalhar com os alunos de deficiência auditiva”, destaca Carneiro.

Como concorrer

As vagas são para alunos surdos e cegos-surdos que tenham no mínimo 6 anos de idade, nas séries de 1º ao 5º ano no Ensino Fundamental no turno matutino, e do 6º ao 9º ano no Ensino Fundamental no turno vespertino. As matrículas devem ser feitas diretamente na escola, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, mediante a apresentação da documentação original e cópia, junto com o laudo de audiometria indicando o grau de perda auditiva do aluno.

Para 2018, a gestora Haydeé Carneiro ressaltou que além do ensino, a escola atenderá jovens e adultos que não conseguiram concluir os estudos no período regular, oferecendo a modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). As aulas iniciam no próximo 15 de fevereiro. Mais informações podem ser obtidas pelo número de telefone (92) 99457-6703.

*Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.