Terça-feira, 22 de Setembro de 2020
EDUCAÇÃO

Escolas iniciam capacitação para implementação de programa cívico-militar no AM

Ao todo, três unidades de ensino de Manaus aderiram ao modelo proposto pelo Ministério da Educação



CMPM1_E99E9A03-3BD8-4343-8045-17D7C794C003.jpg Foto: Divulgação
20/07/2020 às 16:44

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto realizou, nesta segunda-feira (20), a primeira capacitação para implementação do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares no Amazonas. O curso reuniu cerca de 20 profissionais da educação e militares de reserva que receberam orientações sobre o projeto político-pedagógico das escolas, normas de conduta, avaliação e supervisão escolar, além da apresentação das regras de funcionamento das unidades de ensino e das atribuições de cada profissional.

No Amazonas, três escolas aderiram ao Programa, cuja proposta do Ministério da Educação (MEC) aposta na gestão compartilhada entre militares e civis.



As unidades selecionadas foram as escolas estaduais: Professor Nelson Alves Ferreira, localizada na Zona Sul; Tereza Siqueira Tupinambá (Zona Norte); e Professor Reinaldo Thompson (Zona Leste de Manaus).

À frente da escola Professor Nelson Alves Ferreira, o gestor Antônio Araújo reflete sobre a importância da capacitação.

“A nossa comunidade está ansiosa pela implementação do programa. Estamos reiterando a necessidade de apresentar nossas escolas e a nossa realidade a estes profissionais a fim de somar forças em prol das melhorias que deverão acontecer”, explicou.

As três unidades que fazem parte do programa realizaram as consultas públicas junto à comunidade e tiveram, ainda, de atender alguns critérios, como estar em situação de vulnerabilidade social e com baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), estar localizada na capital ou na respectiva região metropolitana, oferecer as etapas de Ensino Fundamental 2 e/ou Médio, atender preferencialmente de 500 a mil alunos nos dois turnos e possuir a aprovação da comunidade escolar para a implantação do modelo.

“A nossa expectativa é a melhor possível tanto que, após anunciarmos a adesão ao programa, tivemos uma grande procura de pais e responsáveis que buscaram matricular seus filhos na nossa unidade”, afirmou Maria Nascimento, gestora da EE Professor Reinaldo Thompson.

Palestra 

Ministrada pelo coordenador Regional Norte, comandante Edimacer Barbosa, a formação apresentou os principais conceitos e regras da implementação do programa. 

“Como já citamos, a ideia é manter uma gestão compartilhada entre civis e militares. Por isso, realizamos esta capacitação para que cada militar conheça a realidade e organização didático-pedagógica e financeira das instituições”, disse.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.