Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
BOLETIM

Esposa de advogado morto no Porão está livre do risco de amputação, diz médico

Boletim médico datado desta segunda-feira (4) diz que Fabíola Rodrigues, que segue internada, sofreu "danos irreparáveis" na perna esquerda



fabiola.JPG (Foto: Winnetou Almeida)
05/12/2017 às 14:32

Fabíola Rodrigues, esposa de Wilson Justo Filho, assassinado no Porão do Alemão no último dia 25 de novembro após disparos do delegado Gustavo Sotero, está livre do risco de perder a perna esquerda "até o presente momento".

A avaliação consta do boletim médico assinado pelo ortopedista Nilton Orlando, datado de segunda-feira (4), às 14h30. O boletim médico desta terça-feira (5) será divulgado quando autorizado pela família.

De acordo com a análise do profissional, Fabíola sofreu "danos irreparáveis" na perna esquerda, resultado dos tiros disparados pelo delegado na ocasião em que o marido dela foi morto. "As lesões são graves e estruturas anatômicas sofreram danos irreparáveis, na perna esquerda", afirma o boletim.

Conforme o boletim, o estado dela é grave e sem previsão de alta hospitalar.  "O salvamento do membro é o principal objetivo do tratamento inicialmente e este se apresenta viável e livre de risco de amputação até o presente momento", atesta o médico, acrescentando que ela será submetida a novas intervenções cirúrgicas conforme evolução do estado de saúde.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.