Publicidade
Manaus
Manaus

Esposa de promotor baleado ouviu atiradores pedindo dinheiro

Paulo Stélio Guimarães levou três tiros de pistola calibre 380 quando voltava para casa, na Zona Oeste, no início da tarde desta sexta-feira (15) 15/05/2015 às 18:37
Show 1
Policiais do Ronda no Bairro disseram que é procedimento normal a presença da viatura no local
acritica.com Manaus (AM)

A CRÍTICA apurou que a esposa do promotor Paulo Stélio Guimarães, que levou três tiros no início da tarde desta sexta-feira (15), ouviu os atiradores pedindo dinheiro.

A esposa de Stélio, Tatiana, chegou no momento em que era abordado pelos dois homens que estavam de motocicleta, quando ouviu eles dizerem: "cadê o dinheiro?". Depois disso, os homens foram embora.

O promotor foi baleado por volta das 13h30, quando ele chegava em casa, no Condomínio Itaporanga 2, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. Ele foi levado ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, Zona Centro-Sul de Manaus, onde deu entrada por volta das 14h30.

Três tiros de pistola calibre 380 foram disparados contra ele. Um dos tiros atingiu Paulo Stélio na região da clavícula esquerda. Os atiradores ainda não foram identificados. O modelo e placa da motocicleta que utilizara ainda não foram identificadas.

Policiais do Ronda no Bairro em procedimento padrão de acompanhamento do promotor no hospital

(Foto: Evandro Seixas)

Publicidade
Publicidade