Publicidade
Manaus
Manaus

Estelionatário é preso após tentar transferir R$ 200 mil

Desconfiado do valor da transação, o gerente do banco acionou a polícia. O homem é suspeito de fazer parte de uma quadrilha especializada nesse tipo de golpe 31/10/2013 às 15:35
Show 1
Policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) efetuaram a prisão de Franklin. Com ele foram apreendidos documentos falsos, R$ 170 e um aparelho celular
BRUNA SOUZA E OSWALDO NETO Manaus (AM)

Policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) efetuaram por volta das 9h30 desta quinta-feira (31) a prisão de Franklin Moisés Barbosa Veloso, 27, acusado de fazer parte de uma quadrilha especializada em transferência de dinheiro por meio de documentos falsificados. De acordo com os PMs, o crime seria realizado na agência do Banco do Brasil, localizada no mini-campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Segundo o aspirante Jonatas Soares, Franklin e outro indivíduo identificado somente como “Urso” tinham o objetivo de transferir a quantia de R$ 200 mil para outra conta com o registro de Júlio Tota da Silva. Após desconfiar do valor da transação e perceber que Franklin estava nervoso, o gerente do banco pediu discretamente que outro funcionário acionasse a polícia, a qual chegou ao local fingindo que ia realizar um procedimento bancário.

De acordo com o policial, Franklin e “Urso” pediram para encerrar a transferência e tentaram fugir após avistá-los, porém somente o último conseguiu. O PM também informou que no celular de Franklin havia várias fotos de fachadas de agências bancárias, além de ‘prints’ de contas e informações de outros clientes.

Em depoimento, o suspeito contou que receberia 20% da quantia (o que corresponde a R$ 40 mil) como recompensa para realizar o serviço. Com ele foram apreendidos R$ 170, um celular e os documentos falsificados. O indivíduo será encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa e responderá pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documentos.  

Publicidade
Publicidade