Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
SAÚDE

Estoque crítico de sangue não afeta transfusões ou serviços de urgência, esclarece Hemoam

Hemocentro destaca que está 'trabalhando estratégias para aumentar as doações'. Agendamento pode ser feito pela internet



hemoam_B212A23C-5C00-4B3D-8883-D30DEB1C33E3.jpg Foto: Divulgação
14/05/2020 às 15:42

Além de ter que se preocupar com o estoque em nível crítico neste período de pandemia do Covid-19 e com uma queda de 60% na captação de doadores, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia (Hemoam) também convive com a propagação de noticias falsas. Uma delas é que a instituição estaria com seus serviços de urgência hospitalares e transfusões de sangue de rotina afetados, o que não é verdade, esclareceu o Hemoam em nota oficial.

“Apesar do estoque de bolsas de sangue estar crítico desde o início da pandemia do novo coronavírus, os serviços de urgência hospitalares e transfusões de sangue de rotina afetados não foram afetados”, informou a fundação.



O Hemoam destaca que está “trabalhando estratégias para aumentar as doações”. Dentre elas está a parceria com os aplicativos de mobilidade urbana que oferece descontos nas corridas para doadores que forem até a Fundação.

A instituição aproveita a oportunizar para reformar que novos candidatos a doação são bem vindos, e salienta que a doação de sangue é segura, não havendo riscos para a saúde de quem doa.

Normas

O Hemoam também ressalta que está seguindo normas de segurança e informa que intensificou as medidas de higiene visando oferecer um ambiente seguro aos doadores nesse período de pandemia.

A Fundação destaca que disponibilizou mais canais de comunicação para quem quiser doar via agendamento além da forma presencial ou dos fones 3655-0270/0271. 

São eles o via site ou ainda pelo WhatsApp 98421-4184. E o doador também pode esclarecer dúvidas via redes sociais da instituição.

Redução

A redução de pelo menos 60% no comparecimento de doadores é a maior causa da atual baixa no estoque.

Mesmo com a redução das atividades nas ruas, a demanda por componentes sanguíneos permanece igual. Só no mês de abril, o Hemoam distribuiu 5.356 hemocomponentes (plaqueta, hemácia, plasma e crioprecipitado). Esse material atendeu 27 unidades de saúde na capital e mais de 43 cidades do interior.

“Nosso estoque nunca esteve tão baixo. Precisamos que as pessoas com boa saúde e disposição para fazer uma doação compareçam à Fundação Hemoam. Muitas vidas dependem desse ato de solidariedade”, enfatizou a chefe do Departamento do Ciclo do Sangue, Socorro Viga.

Saiba como doar

Para ser doador, é preciso ter entre 16 e 60 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde. Menores de 18 anos só podem doar com a presença dos pais ou responsável legal. É preciso estar bem alimentado e portar documento de identidade com foto.

As doações podem ser realizadas de segunda a sábado, das 7h às 18h, na sede da Fundação Hemoam, na avenida Constantino Nery, 4.397, Chapada, Zona Centro-Sul da capital. A unidade de coleta da Maternidade Ana Braga, na zona leste está temporariamente fechada em virtude da pandemia.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.