Publicidade
Manaus
Manaus

Estratégia de segurança aplicada na Copa do Mundo será testada durante Réveillon

Sindicato dos bombeiros civis de Manaus se disponibilizam para atuar durante a festa como salva-vidas. O horário para o banho na praia deverá permacer o mesmo estabelecido no Termo de Ajustamento de Conduta 30/12/2013 às 19:55
Show 1
Secretaria de Segurança Pública anuncia aparatos tecnológicos que serão utilizados na Copa do Mundo
Jaíze Alencar Manaus (AM)

Em coletiva de imprensa na tarde de ontem a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM) comunicou como vai funcionar a segurança durante os festejos desta noite. A operação contará um efetivo de 2,5 mil servidores, das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização (Manaustrans), entre outros órgãos, e contará ainda com dois Centros de Comando e Controle Móvel (CIC-Locais), instalados na praia da Ponta Negra, Zona Oeste e na avenida Itaúba, na Zona Leste de Manaus. 

As festas de Ano Novo serão utilizadas como eventos testes para a Copa do Mundo de 2014, conforme explicou o secretário-executivo de Grandes Eventos, coronel Dan Câmara.

“Também será instalada na Ponta Negra e na Zona Leste, uma plataforma de elevação, equipada com câmeras de segurança, que também vai auxiliar no monitoramento das festas”, destacou.

Bombeiros se dispõem

Preocupado com a segurança dos banhistas, o Sindicato dos Bombeiros Civis de Manaus (Sindbomam) informou que tem 600 homens disponíveis a trabalhar voluntariamente na praia da Ponta Negra durante o Revéillon, desde que a prefeitura faça a solicitação.

Segundo o presidente do sidicato José Mendes, a categoria está capacitada a atuar em áreas de grande concentração pública de pessoas para evitar incidentes.

“Sabemos que durante a festa de fim de ano, as pessoas ingerem bebidas alcoolicas, realizam homenagens a Iemanjá e isso é uma tradicão. Não queremos que as pessoas fiquem a mercê da própria sorte”, salientou Mendes.

A Defesa Civil de Manaus contará com três equipes trabalhando. Duas equipes de técnicos da Defesa Civil ficarão trabalhando em parceria com o Corpo de Bombeiros na orla da Ponta Negra e uma terceira equipe estará numa lancha, auxiliando na fiscalização preventiva da orla do Amarelinho, no bairro Educandos e também na Ponta Negra.

Os técnicos escalados para a operação têm a formação em resgate e salvamento aquático, para atendimentos de emergência. Neste dia 31, os bombeiros estarão com três equipes no parque, 66 homens permanecerão na praia de 8h às 18h, com o apoio de três jet-skys e lancha, com salva-vidas na faixa de areia. De 17h às 22h, 75 bombeiros estarão no calçadão para prevenção e suporte à estrutura de segurança e 85 membros da corporação vão ficar de 22h até o final da festa.

Horários e proibições para a festa

O Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) ressalta que será mantido o horário limite para o banho no rio até as 17h definido em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a Prefeitura e o Ministério Público no início do ano, e não haverá salva-vidas após esse horário.

Durante a festa de Revéillon, não será permitida a comercialização de bebidas em recipientes de vidro, alimentos vendidos em espetos, fogos de artifício e materiais contundentes e perfurocortantes. Serão procurados itens considerados perigosos, como armas de fogo, guarda-chuva com haste metálica, tubo de bandeira, tubo em aerossol, dardos, martelos, seringas, agulhas, extintores, megafones e capacetes. O público passará por uma revista ao entrar no perímetro delimitado pela Prefeitura.

As barreiras de contenção que existem nos acessos à praia da Ponta Negra visam coibir a entrada de animais na areia, mesmos os de estimação, e comida, para evitar contaminação da areia; de garrafas ou objetos de vidro e o uso de pipas. 

Publicidade
Publicidade