Publicidade
Manaus
POLÍCIA

Estudante de Direito que aplicava golpes em vendas de casas é presa em Manaus

Segundo as vítimas, mulher dizia ser funcionária da Suhab e poderia "agilizar" negociação se os interessados desembolsassem R$ 5 mil. Estudante foi autuada por estelionato 24/04/2018 às 11:59
Show estelio
Foto: Jander Robson/Freelancer
Larissa Golvin Manaus (AM)

A estudante universitária de Direito, Shirlane dos Santos Felício, 32, foi presa suspeita de se passar por funcionária da Secretaria de Estado de Habitação (Suhab) e oferecer imóveis que não estavam disponíveis para venda.

Segundo a polícia, a investigação começou após vítimas formalizarem Boletim de Ocorrência no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) ontem (23). Segundo elas, Shirlane dizia que negociava o valor de residências, e para agilizar o processo de negociação, os compradores deveriam pagar a quantia de R$ 5 mil.

As vítimas informaram à polícia que após entregarem o dinheiro, a suspeita sumia.

Para a prisão dela ser efetuada, foi necessária a realização de uma campana policial no momento em que Shirlane iria receber a quantia de R$ 2 mil referente a uma residência que ela estaria negociando, mas a mesma estava abandonada e não disponível para venda. Em posse da suspeita, foi apreendido um caderno que continha anotações de dados de vítimas.

A Suhab informou em nota que não está realizando nenhum tipo de comercialização de imóveis ou terrenos, e disse ainda que nenhum funcionário tem autorização para realizar esse tipo de atividade. As denúncias podem ser feitas pelo número da secretaria 3647-1000.

Shirlane foi autuada em flagrante por estelionato e será encaminhada para uma Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch Reis.

Publicidade
Publicidade