Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
EMPATIA

Estudantes espalham mensagens de esperança em escola para prevenir suicídio

A tragédia da perda de um colega uniu estudantes da Escola Estadual Sant’Ana, em Manaus, em atividades que levam esperança e incentivo



07/08/2019 às 08:23

O mês de julho de 2019 mudou o modo de pensar dos alunos da Escola Estadual Sant’Ana, localizada na avenida André Araújo, bairro Petrópolis. No dia 16, os jovens estudantes receberam a triste notícia de que um de seus colegas havia tirado a própria vida. Em meio à tristeza, uma luz de esperança se espalhou pela escola e hoje, 22 dias após a tragédia, mensagens de incentivo feitas pelos próprios estudantes decoram as paredes das salas de aulas e banheiros do local.

“Receber a notícia de que um dos nossos alunos havia tirado a própria vida foi sem dúvidas um ‘baque’ muito forte em todos nós da escola. Apesar da perda de um dos nossos alunos queridos, resolvemos buscar o melhor em tudo isso para podermos continuar e seguir em frente”, disse o professor de Inglês, Caio Jobim.

O professor Caio gere o Clube do Livro da escola Sant’Ana, que integra ao menos 40 alunos em atividades que incentivam o hábito da leitura entre estudantes do Ensino Médio. Adiada devido ao luto pelo estudante, que frequentava o clube, a primeira atividade do grupo teve um significado diferenciado.

“De certa forma isso uniu os estudantes. No primeiro dia de aula do clube, nos inspiramos em uma ação de estudantes do Distrito Federal, e cada um dos alunos do clube escreveu bons pensamentos e palavras de esperança e incentivo que ficaram expostas na parede da sala do clube”, comentou o professor.


Mensagens de incentivo decoram as paredes do Clube do Livro, na Escola Estadual San'Ana. Foto: Junio Matos

Esperança que contagia

A participação na atividade foi tanta que logo algo que era de dentro do Clube do Livro, já havia se expandido para outros cantos da escola. Os banheiros masculinos e femininos também foram inundados de mensagens em papéis escritos a lápis, caneta, grafismo, colagem ou desenhos, que disseminaram esperança aos que liam.

“Nós havíamos utilizado a página da escola para emitir uma declaração de luto. Após aquele momento de surpresa geral, poder ver a união dos alunos em prol de uma boa mensagem foi algo sem igual. Enquanto os alunos do projeto do Clube do Livro realizavam a atividade em sala de aula, diversas alunas e alunos do turno matutino decoravam os banheiros com as mensagens de incentivo”, explicou o gestor da escola Sant’Ana, Júlio Viana.


Atividade do Clube do Livro também foi parar em outras partes do colégio. Foto: Junio Matos

Surpresa e superação

Para a estudante Adriele Nunes, de 17 anos, a ação após a perda do colega muda a realidade de quem lê e, também, de quem escreve as mensagens. “Fazer a atividade das mensagens de incentivo significou bastante para nós, já que existem inúmeras pessoas que possuem baixa auto-estima e não confiam no seu corpo, nem na sua imagem. Pessoas com problemas, assim, podem chegar na escola e se deparar com esses bilhetes de esperança que, apesar de simples, podem fazer a diferença para eles e para nós mesmos”, destacou a aluna do 3º ano do Ensino Médio.

Já para Fabiana Peres, também de 17 anos e aluna do 3º ano do Ensino Médio na escola, é preciso ter uma grande atenção com possíveis problemas que jovens na idade dela possam estar passando.

“Acho que tudo isso que aconteceu na escola deixou a gente mais alerta com o outro. Somos todos jovens na escola e é uma época em que coisas confusas acontecem e que não conseguimos entender imediatamente. Os bilhetes e as mensagens, apesar de simples, nos ajudam a olhar para o outro, acho que deixa as pessoas mais tranqüilas e confiantes, faz com que percebam que não estão sozinhos”, disse Fabiana.

 
As alunas Fabiana Peres (à esquerda) e Adriele Nunes (direita) eram colegas de classe do aluno que cometeu suicídio. Fotos: Junio Matos

Problema grave

Segundo dados da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), a cada ano, cerca de 800 mil pessoas tiram a própria vida e um número maior ainda de indivíduos tenta suicídio. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece o suicídio como uma prioridade de saúde pública.

Cada suicídio é uma tragédia que afeta famílias, comunidades e países inteiros e tem efeitos duradouros sobre as pessoas deixadas para trás. O suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos em todo o mundo, no ano de 2016

Seduc inaugura Núcleo de Atenção Psicossocial Escolar

Para intensificar ações de prevenção, intervenção e promoção da saúde mental na comunidade escolar, a Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM) inaugurou, no dia 8 de julho, a Coordenação de Atenção Psicossocial do Escolar (Capse).

Segundo a Seduc, a Coordenação era uma necessidade antiga para um melhor desenvolvimento humano, rendimento e sucesso escolar. Questões familiares, depressivas, uso de drogas e outros tipos de violência serão abordadas pelo grupo.

A atuação do núcleo será por meio de palestras, rodas de conversa, representações teatrais e outras ações educativas compõem a estratégia contínua da equipe da Capse para trabalhar a prevenção à violência nas escolas. A nova coordenação será responsável, ainda, por alinhar ações entre os psicólogos e assistentes sociais das coordenadorias.

Os alunos, pais ou responsáveis que quiserem realizar pedidos de ajuda, denúncias e sugestões ao Capse podem enviar um e-mail para o endereço eletrônico psicossocial@seduc.net. Segundo a Secretaria, a caixa de entrada dos e-mails são revisadas diversas vezes ao dia para garantir que nenhum passe despercebido. 

Disque 188

O Ministério da Saúde disponibiliza em todo o Brasil o acesso gratuito ao serviço de ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que auxilia na prevenção do suicídio e dá atenção a pessoas que sofrem de ansiedade e depressão.

Para conseguir falar com algum voluntário treinado para esses tipos de situações, basta discar o número 188 pelo telefone. A assistência também é prestada pessoalmente, por e-mail ou chat.

News pedro01 9f97d6e2 e058 4e63 8ce7 e934cf255a3d
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.